Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 10 de dezembro de 2011

Vida útil: como contribuir para a cura de doenças (Alzheimer, Parkinson, câncer etc.) sem fazer quase nada

Uma boa notícia para quem quer dar alguma contribuição para a ciência mesmo não sendo um cientista profissional. Na verdade, não precisa nem ser cientista amador.

A universidade de Stanford tem um software interessante chamado Folding@Home (http://folding.stanford.edu). Você baixa o software (http://folding.stanford.edu/English/Download), que é de fácil instalação, e, quando você não estiver usando seu computador, o software entra em ação e integra seu computador a uma rede de milhares de outros computadores que ficam fazendo cálculos para simulação da formação (enovelamento) de proteínas relacionadas às doenças  de Alzheimer, Parkinson, vários tpos de câncer, dentre outras (a maioria dessas doenças decorre de falhas na formação de proteínas).

O mais surpreendente deste projeto é que, usando o tempo ocioso de computadores de pessoas comuns, ele é capaz de obter resultados superiores àqueles que seriam obtidos mesmos com os mais avançados supercomputadores modernos. Veja o poder que pequenas ações agregadas pode ter! O site explica em detalhes porque isso ocorre:

"Modern supercomputers are essentially clusters of hundreds of processors linked by fast networking. The speed of these processors is comparable to (and often slower than) those found in PCs! Thus, if an algorithm (like ours) does not need the fast networking, it will run just as fast on a supercluster as a supercomputer. However, our application needs not the hundreds of processors found in modern supercomputers, but hundreds of thousands of processors. Hence, the calculations performed on Folding@home would not be possible by any other means! Moreover, even if we were given exclusive access to all of the supercomputers in the world, we would still have fewer computing cycles than we do with the Folding@home cluster! This is possible since PC processors are now very fast and there are hundreds of millions of PCs sitting idle in the world." (fonte: http://folding.stanford.edu/English/FAQ-main#ntoc12)

Segundo seus idealizadores, o projeto tem obtido resultados muito satisfatórios:

"We have been able to fold several proteins in the 5-10 microsecond time range with experimental validation of our folding kinetics. This is a fundamental advance over previous work. Scientific papers detailing our results can be found in the Results section. We are now moving to other important proteins used in structural biology studies of folding as well as proteins involved in disease. There are many peer-reviewed and published in top journals (Science, Nature, Nature Structural Biology, PNAS, JMB, etc) that have resulted from FAH."

O software é cross plataform (Windows, Linux, Mac) e funciona até no vídeo game Sony Playstation 3. Ele não reduz a velocidade de sua internet, porque ele não usa a rede continuamente. Ele baixa um trabalho, realiza os cálculos mesmo off line e, depois, os envia para o servidor do projeto. Em qualquer caso, você pode sair do programa se verificar que, naquele momento, ele está atrapalhando sua navegação (por estar baixando ou enviando um trabalho) e abri-lo mais tarde.

Você pode escolher um nome e participar de um grupo. Há um ranking de usuários e grupos, como se fosse um ranking de um jogo. Eu, por exemplo, escolhi participar do grupo Transhumanists, cujo número é: . Para participar de um grupo, basta colocar o número do grupo no painel de configurações. 

Em alguns computadores, o programa funciona ainda como protetor de tela, exibindo a imagem de uma proteína sendo enovelada. Mas no meu PC (Windows 7 64 bytes) essa proteção de tela não funciona.

Instalei o software há algumas semanas. É satisfatório, depois de desgrudar um pouco da tela, voltar e ouvir o barulho do processador trabalhando em um problema de biologia molecular. Só a satisfação interior de contribuir para algo tão grande e de potencial tão benéfico para as pessoas já me paga pelo uso do meu computador. Não vejo como ele poderia ser empregado de melhor maneira.

E então, o que você está esperando para começar a seu protetor de tela para avançar nosso conhecimento na luta contra os verdadeiros inimigos da humanidade? (Alzheimer, Parkinson, câncer etc.)

Para fazer o download e instalar o programa, clique aí:

http://folding.stanford.edu/English/Download

Isso merece ser divulgado!

3 comentários:

  1. Eu baixei o programa, mas não sei o que faz para aparecer como protetor de tela. Procurei o team do Transhumanists, mas não achei, qual é o numero?

    ResponderExcluir
  2. Eu também só consigo ver a proteína pelo "Display". Não entra em proteção de tela automaticamente.
    O número do grupo transhumanista (esqueci de informar) é: 157440

    Para acessar a página do grupo:
    http://fah-web.stanford.edu/cgi-bin/main.py?qtype=teampage&teamnum=157440

    Obrigado por participarem!

    ResponderExcluir