Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 17 de maio de 2011

Para quem procura por prova científica da vida após a morte...

(Atualizado em 28/10/2012)

"A alternativa à religião não é o desespero niilista, nem um cientificismo estéril, mas o transumanismo." - Max More

A ciência e a tecnologia ganham cada vez mais credibilidade. Seus avanços estão na ponta de nossas mãos, estão em nossos bolsos, logo, é natural que uma pessoa inteligente se pergunte: existe prova científica da vida após a morte, reincarnação ou existência do espírito? Alguma evidência séria a esse respeito?

A crença na vida após a morte é tão antiga quanto o ser humano, exatamente por ser a morte uma experiência de perda (das pessoas amadas e de si próprio) absurdamente dolorosa, que foi muito bem retratada no início do documentário Transcendent Man:




Pois bem,  há uma notícia boa e uma ruim para quem procura por provas da vida após a morte (ou da existência após a morte, se preferir). Vamos à notícia boa primeiro: a ciência está começando a reunir esforços sérios para superar a morte. Confira esse documentário do History Channel sobre o assuntohttp://www.youtube.com/watch?v=SoCwuOK_iyg

Ou, ainda, esta TEDtalk de Aubrey de Grey:


E esta outra de Joe Betts-Lacroix:



A má notícia, no entanto, é que não existem estudos (ou, pelo menos, não existem quaisquer estudos publicados por cientistas sérios), nem quaisquer evidências que apontem para a possibilidade da vida após a morte, existência de um espírito que sobreviva à morte do corpo ou algo assim. Pelo contrário a ciência (veja abaixo) aponta que é o medo da morte que nutre essas crenças. E, se o instinto de sobrevivência faz você se preocupar com a morte, me parece ser mais racional estar ciente de que a superação da morte e do envelhecimento poderá ser conquistada, eventualmente, pela ciência e tecnologia, mas nunca poderá ser superada pelo autoengano ou por contos de fadas.

Realmente aprecio quando uma celebridade (no caso abaixo, Hawking no mundo da ciência) é honesto e corajoso o bastante para chamar a atenção para o incômodo elefante no meio da sala... (veja a declaração de Hawking abaixo).

Eis aqui a opinião de um dos maiores gênios vivos e um dos mais profundos conhecedores da física quântica, cosmologia e estrutura da matéria e da energia de todos os tempos, um gênio e herói que, há 49 anos, está à beira da morte.

O lado positivo destas manifestações públicas é que ajudam a desfazer a confusão em torno do uso da palavra "Deus" por físicos como Hawking e Einstein. A frase de Einstein "Deus não joga dados" é frequentemente (e irritantemente) utilizada por quem quer buscar um fundamento científico para alimentar sua própria esperança em uma "vida após a morte" ou, ainda, para quem quer refutar a teoria da evolução (detalhe: "não jogar dados" aqui, não tem nada a ver com a teoria da evolução; Einstein falava sobre a física quântica e, ao que tudo indica, o grande gênio estava errado neste ponto). 

Tudo indica que, para Einstein, a palavra Deus significava "natureza" ou "cosmo" (portanto, não um Deus que ouve orações, fica só do nosso lado na guerra, criou um céu para onde vão os espíritos dos bons bicho-homens e arranja casa nova ou namorada pra quem é fiel no dízimo). Em uma carta escrita para o filósofo judeu Erik Gutkind pouco antes de morrer, Einstein disse:

"A palavra Deus é, para mim, nada mais do que a expressão e o produto das fraquezas humanas, e a Bíblia uma coleção de lendas honradas, ainda que primitivas, e que de qualquer maneira são bastante infantis. Nenhuma interpretação, por mais sutil que seja, é capaz de (para mim) mudar isso. (...) Para mim, a religião judaica, assim como todas as outras religiões, é uma encarnação das mais infantis superstições."

o que Einstein pensava sobre a vida após a morte?

Em seu livro "Como vejo o mundo", Einstein escreveu sobre a vida após a morte:

"Não posso imaginar um Deus a recompensar e a castigar o objeto de sua criação. Não posso fazer idéia de um ser que sobreviva à morte do corpo. Se semelhantes idéias germinam em um espírito, para mim é ele um fraco, medroso e estupidamente egoísta." (em Como vejo o mundo, Ed. Nova Fronteira, 11ª edição, página 09)


Vale a pena citar mais uma vez o filósofo David Pearce, um dos co-fundadores da Associação Transhumanista Mundial (hoje Humanity+):

"Se queremos viver no paraíso, teremos nós próprios de o produzir. Se queremos a vida eterna, então teremos de reescrever o nosso código genético cheio de erros e tornarmo-nos divinos. 'Possa tudo o que vive ser libertado do sofrimento', afirmou Gautama Buda. É um sentimento maravilhoso. Infelizmente, só as soluções de alta tecnologia podem erradicar o sofrimento do mundo vivo. A compaixão por si só não basta." (David Pearce)

______________

“Não faça perguntas quando não quer saber as respostas”
(atualização 15/06/2012)
Muitos estão chegando a este post pelo Google após pesquisarem pela expressão "prova científica da vida após a morte" ou semelhante. Infelizmente, não tenho notícias de quaisquer evidências de uma vida no além. Se você, que visita o blog, sabe de algum fenômeno ou ideia concreta, com um mínimo de credibilidade, por favor, coloque nos comentários que acrescentarei a este post para mostrar o outro lado da questão. Mas evite comentários violentos e agressivos. Pode não existir nenhum paraíso, mas é muito fácil produzir um inferno.
Se não existem provas ou evidências de vida após a morte, existem, por outro lado, fortes evidências apontando que o medo da morte como o fim de tudo leva o ser humano a procurar desesperadamente alguma forma de acreditar na vida após a morte. É uma estratégia psicológica para aplacar o estresse cognitivo gerado pelo conflito entre o instinto de sobrevivência de um lado e a consciência da inevitabilidade da morte de outro. Segundo algumas teorias psicológicas e antropológicas (veja abaixo), isso se daria pela crença em uma imortalidade literal ("vou para o Céu, Deus não faria isso com a gente") ou uma imortalidade simbólica ("vou ganhar o Prêmio Nobel e entrar para a história"). Mas essa tendência produz também uma série de comportamentos humanos indesejáveis, inclusive a violência e intolerância em relação ao ponto de vista alheio. Os estudos científicos abaixo esclarecem isso.

Evidências científicas de que é o medo da morte que alimenta a crença em Deus e no sobrenatural:

Evidências científicas de existência após a morte:

(por enquanto nenhuma, segundo nosso conhecimento)


Se você fica triste com o assunto, não pense nele (para os adeptos da "teoria da gestão do terror", estaríamos incansavelmente tentando afastar esse pensamento da consciência), e a melhor forma de fazer isso sem ter que acreditar em mágica parece ser controlar suas emoções treinando sua mente a se voltar para a realidade sensorial do momento presente (meditação "mindfullness"). É o conselho que o filósofo e neurocientista Sam Harris (que também faz parte do movimento dos "novos ateus") deu recentemente em uma conferência na Austrália intitulada "A Morte e o Momento Presente"). Se a questão é importante para você, do ponto de vista racional, o importante é tomar alguma ação e, depois, "esquecer" o assunto. Ou pelo menos lembre-se da redentora frase do Guia do Mochileiro das Galáxias: "Não entre em pânico!"

17/05/2011 - 11h21

Vida após a morte é um conto de fadas, diz 

Stephen Hawking


DE SÃO PAULO


A crença no paraíso ou na vida após a morte é um "conto de fadas", disse o renomado físico Stephen Hawking, 69, em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", na edição do último domingo (15).
"Eu considero o cérebro como um computador que vai parar de trabalhar quando seus componentes falharem. Não há paraíso ou vida após a morte para computadores que quebram. Isso é um conto de fadas para pessoas que têm medo do escuro", opinou.


"Considero o cérebro como um computador que vai parar de trabalhar quando seus componentes falharem", diz Hawking
"Considero o cérebro como um computador que vai parar de trabalhar quando seus componentes falharem", diz HawkingO tema já foi abordado em um de seus últimos livros, "The Grand Design" (2010), no qual ele desenvolve a ideia de que não há necessidade de um grande criador para explicar a existência do Universo.
As galáxias, estrelas e a vida humana teriam emergido a partir de "sementes" --pequenas flutuações quânticas--encontradas no Universo milhares de anos atrás.
Para ele, que rejeita pessoalmente as crenças religiosas, as pessoas em geral deveriam preencher seu potencial na Terra fazendo bom uso de suas vidas.

Texto completo na Folha: http://goo.gl/Nd9Ee




Como fazer um "bom uso de nossas vidas"? No vídeo acima, uma das possibilidades (não estou falando do curso da SingularityU em si, mas da filosofia de vida por trás dele)


113 comentários:

  1. Estou com hawking nessa... Acredito que o que eu posso fazer, e divulgar movimento transhumanista... Porque, quem sabe, nos podemos curar a cegueira que a religiao proporciona aos seus seguidores , quando nos tivermos tecnologias suficientes, para enganar a morte. Hawking disse, que vidas inteligentes em outros planetas, Possam ter se tornado virtualmente imortais... porque nos tambem nao podemos...
    Se eu tivesse morrendo eu ia perdir pra ser congelado =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem acha que tudo o que existe, é fruto do acaso,pode ser que acredite que ele seja fruto do acaso tambem,negar um deus infinito,negar a biblia sagrada,negar os ensinamentos de jesus,é não ter um mínimo de inteligencia.

      Excluir
    2. Estamos aqui, nascemos vivemos e morremos, nosso organismo trabalha independente do nosso comando consciente, a terra está ai n espaço completanto sua trajetória, assim como nosso sol, avia láctea também tem um rumo um destino como todas as galáxias desse universo material, bem! tudo ficaria muito fácil de explicar se não tivesse ninguem observando. Quem observa? A matéria?

      Excluir
    3. Mas porque é que tem de ter alguém a observar? Esse fetiche, a meu ver ridículo, na crença dogmática religiosa é uma sustentação para os nossos mais profundos medos. Sendo o maior deles a morte. Acreditar em religiões de há dois mil anos a esta parte, é acreditar que as pessoas para trás desse tempo estavam erradas, coitadas... Seriam seres humanos de segunda categoria?

      Excluir
    4. cara... concordo com o que vc disse e completo o negocio é tão sério, que há quem creia que enquanto vc não aceitar jesus, vc naum é filho de Deus, e sim criatura de DEUS ... penso que se um animal virar crente ele, passará a ser tbm filho e deixará de ser criatura.... mas eu acho que os animaisinhos são filhos de Deus.,,,rs

      Excluir
  2. A estória de que há vida após a morte é um grande consolo. É conveniente com o passar dos anos alienar-se nesta mistificação, tomarmos a cada ano que passa uma pequena dose de morfina para nos prepararmos para o ingresso definitivo no nada. Quem pensa que existe um deus TEM QUE ter a resposta para ... quem criou deus. Se há um "propósito" para a vida há um propósito para o Universo e não existe propósito para o Universo. Ninguém, mas ninguém voltou do mundo dos mortos para nos contar. As pessoas querem acreditar porque querem se enganar, esta é a dura, terrível e definitiva realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu ponto de vista tem dois vetores, depende do lado que voce ve as coisas. se voce quizer ir novamente em algum lugar que já conheceu, não importa a distancia, voce vai imediatamente, nas asas do seu pensamento.acredito pois, que o nosso corpo físico abriga o verdadeiro "EU",creio que na hora da morte,é como se fechássemos os olhos,e continuassemos a viver,pensar,etc, sem sentir o corpo físico

      Excluir
  3. TRATA-SE DE UM ASSUNTO MUITO DIFÍCIL DE SER AVALIADO E DISCUTIDO CONCRETAMENTE PORQUE, NO GERAL, TODOS ACEITAM INVESTIGAR O TEMA, DESDE QUE AS SUAS CONVICÇÕES SEJAM DEVIDAMENTE RESPEITADAS. TALVEZ, PODERÍAMOS CHEGAR UM POUCO , PRÓXIMOS DA REALIDADE SE, TODOS OS INTERESSADOS, ABRISSEM MÃOS DAS SUAS "CRENÇAS" E, ACEITASSEM COM HUMILDAE E RACIONALIDADE, MODIFICAREM AS SUAS CONVICÇÕES EM FUNÇÃO DE PROVAS INEGÁVEIS, RESULTANTES DESSA INVESTIGAÇÃO. RUBENS PORTELLA JUNIOR- SÃO PAULO

    ResponderExcluir
  4. Esperem. Como pode ter "conclusões" se não há estudos suficientes? Alguém acreditava na internet antes dela existir?
    Se há o DESCONHECIDO é plausível a idéia de que exista vida após a morte do corpo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou a prova viva de que existe e não tem nenhum cientista ou crença que desfaça a experiência que tive!

      Excluir
    2. Mais é claro que acreditavam na internet. Tanto é que a criaram. Da mesma forma "deus". Os homens acreditam tanto que o criaram. Nada mais igualitário que isso.

      Excluir
  5. É inteiramente possível que, por trás da percepção dos nossos sentidos, estejam escondidos mundos de que não tenhamos consciência. (Albert Einstein).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PERFEITO!! Acho que é mais provável o medo de que exista vida após a morte do que o medo da morte em si!

      Excluir
  6. Quem afirma que não existe Deus, não existe vida após a morte, não existe isso ou aquilo, só o poderia fazer se fosse um pleno conhecedor de todo o universo e seus segredos. Ora, quem assim fosse, nessas condições, seria um deus, logo, seu ceticismo é meia boca.

    PVH.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o universo é infinito, dizer que não existe deus,é uma aberração no minimo.se somos seres finitos,como é que poderemos conhecer o infinito?e Deus nos trouxe do nada pra existencia,como é que podemos crer que ele nos mandará novamente pro nada ?ão me atrevo a dizer nada porque sou infinitamente pequeno diante de tanta grandiosidade, meu DEUS

      Excluir
    2. Antigamente o Homem com conhecimentos limitados,achavam que a TERRA era o centro do universo.
      Hoje na era da tecnologia, e o Homem com conhecimentos adiantados, parece que ainda pensa assim. BIZARRO !
      Acham que podem desvendar todos os MISTÉRIOS baseados neste pontinho azul no universo infinito!


      Todo conhecimento contido nesse universo e fora dele, não pode ser limitado a Dawkins ou a Einsten, eles até podem saber um pouco, mas não sabem tudo!
      Quando digo que tem que ter muita fé para ser cético,é porque os ” deuses ” dos céticos, são simplesmente TEÓRICOS !
      Os cientistas teóricos são os deuses dos céticos, bizarro!

      Excluir
    3. São risíveis os argumentos pobres e falhos de quem defende a existência de um Deus na linha que lemos na Bíblia, que se falam nos templos (principalmente nos evangélicos). Claro que nem eu nem ninguém tem a verdade absoluta, mas daí a defender argumentos tão absurdamente fracos, é vergonhoso. O que mais se aproxima da tentativa de explicar a existência ou não de um Deus é a ciência quântica. Mesmos assim, quanto mais se sabe sobre o assunto mais se sabe o quanto estamos longe de entender toda a verdade da natureza e do universo. Mas o caminho é este, apesar de bastante complexo. O universo não é simples, afinal.
      Se existisse um espírito (ou alma, ou seja como for chamada) este não teria massa, corpo. Então, sem massa seria uma energia. So precisaria descobrir que tipo de energia. Já conhecemos a energia térmica, magnética, as ondas de radio, a radioativa (nuclear de varias formas), a luminosa (se bem que já tentaram provar que a luz tem massa!?!), enfim. Todas provadas e testadas matematicamente (lembram-se das equações que estudamos com grau “n”? Pois elas provam varias destas energias). Nós só conseguimos ver e aceitar o que tem até 3 dimensões, mais que isso é difícil, mas ja aceitamos devido à matemática. É o caso das energias que cito aqui que não se pode ver, mas sabemos serem verdadeiras, porque elas funcionam em graus 6 ou mais (vejam suas formulas).
      Os que creem em vida após a morte devem buscar (como eu faço) explicações cientificas, talvez na permanência desta energia que obviamente trazemos conosco. Mas a pessoa só continuaria “viva” se a sua “consciência” permanecesse viva, não apenas a energia na forma diferente como calor ou luz. Se não tiver a capacidade de pensar, analisar, de certo modo “ver” e interagir, como podemos dizer que existe VIDA após a morte. Existiria sim uma energia, mas isso é obvio! Até se queimarmos uma planta existira energia após a extinção dela, mas ela continuaria viva?
      Só os tolos e fracos argumenta que Deus existe por que ele tem Fe ou porque a bíblia diz que existe. Estudem historia e saibam como a Bíblia REALMENTE surgiu e foi montada. Ora, poupem-nos!!!

      Excluir
  7. o universo e muito misterioso para ser ateu!
    Eu prefiro mil vezes se teista por que e muito complicado pensar que so existe uma vida e depois acaba.
    Ter a conciencia apagada para todo sempre e muito deprimente.

    ResponderExcluir
  8. "o universo é muito misterioso..." por isso não acredito no que está escrito em livros "sagrados" ou em coisas sem fundamento. Prefiro me maravilhar com a natureza!!

    ResponderExcluir
  9. Até ter tempo para postar uma melhor resposta, eu faria minhas as seguintes palavras:

    'Para mim, é muito melhor compreender o universo como ele realmente é do que persistir no engano, por mais satisfatório e tranqüilizador que possa parecer.' Carl Sagan

    'Se o conhecimento pode criar problemas, não é através da ignorância que podemos solucioná-los.' Isaac Asimov

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser cético, é colocar uma parede no limite e viver do lado de dentro dela!


      Nossa ciência é como um bebê que está abrindo os olhos agora, não entende ainda nem mesmo o que consegue ver.


      A ciência desconhece uma das principais faculdades presentes nos seres pensantes, a intuição.

      Excluir
  10. Hawking me decepciona muito nesse papo. O que acontece é que seus argumentos tratam-se na verdade de opiniões não argumentadas, comparações sem sentido ou ideias incoerentes. Tipo: será que podemos mesmo comparar um computador e sua invalidez com o ser humano e a morte? Porque nós poderíamos estar falando de besteiras como: O deserto é úmido como o sal, podendo provocar inundamentos.

    ResponderExcluir
  11. Stephen Hawking esqueceu que computadores que param de funcionar não é o fim de todo um processo, o processo pode muito bem continuar através das transferências de suas memórias e registros para outra máquina e assim continuar seu serviço eternamente, o núcleo de nosso ser nunca poderá ser apagado, por mais sábio que seja o ser vivente ele nunca poderá afirmar com certeza sobre o que nos aguarda após oi fim do ciclo em que vivemos atualmente, só saberemos a real verdade após a morte!!!

    ResponderExcluir
  12. STEPHEN HAWKING É INJUSTO DEUS DEU A ELE A OPORTUNIDADE DE ESTAR VIVO E ELE FALA ESSAS ASNEIRAS FDP

    ResponderExcluir
  13. A EQM JA PROVOU EXISTIR VIDA APOS A MORTE SR STEPHEM HAWKING

    ResponderExcluir
  14. O QUE ME FASCINA NA CRENÇA DO APÓS MORTE HAVER UMA VIDA ETERNA,É O MEDO QUE TEMOS DA MORTE, E A ESPERANÇA EM ALGO SUPERIOR QUE NOS É INATO; E AS IMENSAS DIFERENÇAS EXISTENTES ENTRE UMA PESSOA E OUTRA, DIFERENÇAS MORAIS, SOCIAIS, PSICOLÓGICAS ETC. TUDO ISSO ME LEVA A CRER INCLUSIVE NA REINCARNAÇÃO DO SER ETERNO QUE SOMOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo ...reencarnação para que ??? qual o propósito ?

      Excluir
  15. qq um aqui q botar o joelho no chão agora e perguntar sinceramente a Deus se Ele existe, vai obter uma resposta. Eis aí o experimento científico... QUEM VAI TE RESPONDER, AÍ NO ESCURO DO TEU QUARTO? QUEM? QUEM? QUEM?
    O problema é q vc não se submete a este experimento simples, secreto e sincero. Obs: Se a pergunta não for SINCERA, vc não vai ter resposta.
    Patrocínio Nova Schin: EXPERIMENTA! EXPERIMENTA! EXPERIMENTA

    ResponderExcluir
  16. AMIGO ANÔNIMO: como vc crê na Palavra de Stephen Hawking, como se ele fosse o seu deus? sua aceitação CEGA às pobres considerações deste homem limitado é triste! Investigue, anônimo, investigue! Investigue como se vc buscasse uma verdade, e não uma resposta. Investigue!
    Todo anônimo sincero q investigou, obteve resposta

    ResponderExcluir
  17. Já investiguei e o que pude ver nas religiões foram dogmas e mentiras, a verdade é que e ser humano tem pavor da morte, de não aceitar a idea de que um dia deixará de existir, por mais cruel que seja a verdade prefiro ela do que ficar enganando-me com contos de fadas. A RELIGIÃO É O CRACK DO POVO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falamos de espirito e não de relião,falamos de um encontro de você com seu ser mais profundo o seu verdadeiro eu,a sua vida interior.Deus não é visível e sim sentido.As emoções antecedem as reações físicas.Não sou religioso mas falta religião na tua vida.Religare em latim.

      Excluir
    2. AMigo. Quando nos referimos a nos mesmos dizemos:o meu corpo, o meu braco, os meus olhos, a minha mente, os meus pensamentos... Etc... A pergunta e? O que sou eu? Se não sou nada disso, então o que eu sou? E complicado...

      Excluir
    3. AMigo. Quando nos referimos a nos mesmos dizemos:o meu corpo, o meu braco, os meus olhos, a minha mente, os meus pensamentos... Etc... A pergunta e? O que sou eu? Se não sou nada disso, então o que eu sou? E complicado...

      Excluir
  18. se pararmos pra pensar que o ser humano demora 9 meses para nascer, um ano para aprender andar dois para aprender falar,18 anos para que seu corpo fique totalmente adulto,que demora em média 25 anos nas escolas para se formar, demora de 30 a 50 anos para definir sua situação financeira, enfim é de se pensar; de que adiantaria tantos conhecimentos, para serem levados para baixo da terra, e essa memoria recheada de segredos sumiria, sem chances de serem usadas ?

    ResponderExcluir
  19. Acredite no que tornar sua vida mais agradável. Não crie um atrativo tão forte que faça você ansiar passar para a próxima etapa. Não crie algo tão ruim que te faça tremer cada vez que pense no fim de sua vida. Não faça nada que torne a vida das outras pessoas pior, pois isso não vai fazer a sua própria vida melhorar. Não perca tempo pensando quem é o detentor da verdade porque no final isso não vai te ajudar em nada, mas poderá atrapalhar e muito durante a sua passagem por aqui.

    ResponderExcluir
  20. O macro surge do micro. O nosso corpo físico surgiu do encontro de minúsculas células. Surgimos do invisível, voltamos para lá, duvida? Então acredite nos milagres existentes no dia a dia das nossas vidas, como o grão de milho que plantado na terra fértil, surge várias espigas contendo milhões de grãos. Não duvide, nada surge por acaso. Há um criador.O nosso espírito volta para o astral mais evoluído ou mais denso, dependendo do seu proceder ou do seu retroceder.

    ResponderExcluir
  21. Gente, consegui acreditar que sou um espírito imortal hauaua!! E se eu for bonzinho e respeitar as autoridades terei uma vida ainda melhor na próxima reencarnação. Quem nasce pobre e feio fez por merecer nas vidas passadas.
    Brincadeira! Acredito que sou servo de Alá, que devo respeitar e amar o próximo a não ser que o próximo desrespeite Alá, pois nesse caso... BOOOM!
    Brincadeirinha! Acredito mesmo é que que, quando eu morrer, Nossa Senhora vai mandar dois anjinhos me pegarem pelos braços, que vão me levar para o paraíso cheio de nuvens fofas, iguaizinhas este blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A própria ciência, pode ser filha da religião.
      E a religião que conhecemos pode guardar vestígios de uma ciência ainda mais antiga e mais reveladora do que a atual.

      Excluir
  22. Aos dezoito anos de idade ingressei na universidade para cursar filosofia, pois eu tinha milhares de questões sem respostas e queria saber, principalmente, da existência ou não de Deus, da imortalidade ou não da alma, da questão da liberdade ou não do homem, da questão ontológica e secular do Ser e do Nada, etc. Hoje, com cinquenta e dois anos de idade e depois de ler dezenas de filósofos, quase nada ficou bem resolvido na minha cabeça, e só cheguei a uma verdade: o homem está nesse planeta para viver, reproduzir, pensar, transformar o mundo pra melhor, fazer o bem ao seu semelhante e ser feliz. Se existe um Deus ou uma energia criadora,a imortalidade ou não da alma, uma outra espécie de vida após essa não me interessa mais porque sei que nunca vou ter uma resposta irrefutável e inquestionável. Portanto não percam seu tempo procurando uma resposta pra essa questão porque nunca irão tê-la. Vamos cuidar de melhorar essa humanidade, porque o mundo está culturalmente mais pobre, consumista, egoísta e irracional. O mundo é aqui. O mundo precisa de mais educação e cultura, principalmente nosso pobre Brasil. Infelizmente o nosso futuro é negro. Políticos corruptos e analfabetos estão totalmente alheios aos anseios da população, que tateia às cegas nas sombras da ignorância, preocupada apenas em ganhar o pão de cada dia. E a axiologia e a ética se encontram na lama. Com um mundo em que vivo tão cheio de problemas, pra que perder meu tempo pensando em outro ? Quando eu morrer vou descobrir... ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suponhamos que, por uma circunstância qualquer, toda a população da terra adquirisse a certeza de que, em uma semana seremos totalmente aniquilados, que nenhum indivíduo sobreviverá, que não restará marca nenhuma de si mesmo depois da morte e que esta é a única vida , que não há alma nem espérito nenhum;
      que fará durante esse tempo?
      Trabalhará pelo seu melhoramento, pela sua instrução?
      Se entregará ao trabalho para sobreviver?
      Respeitará os direitos, os bens, a vida de seus semelhantes?
      Submeter-se á às leis de uma autoridade, qualquer que seja?
      Terá para si um dever qualquer? Fará o bem? Salvará alguma vida?
      Pois bem! .Se as consequencias disso não são tão desastrosas quanto poderiam ser, é primeiro porque, entre a maioria dos incrédulos ou materialistas, há mais que fanfarrice do que de verdadeira incredulidade, mais dúvidas do que convicção, e porque tem mais medo do nada do que procuram aparentar; o título de espírito forte lisonjeia-lhes o amor próprio; em segundo lugar, porque os incrédulos absolutos não existem ou são uma infinita minoria da burrice.E se a incredulidade absoluta se tornar um dia a opinião da maioria,seríamos verdadeiros psicopátas e tudo, exatamente tudo poderia deixar de existir. NÓS PRECISAMOS DE JESUS !

      Excluir
  23. “Não faça perguntas quando não quer saber as respostas”
    Fiz uma pequena atualização neste post.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Ninguem aqui na terra e conhecedor do infinito ou dono da verdade, a ciência, com o lhc a física quantica e suas reorias, descobrirá uma pequena parte da verdade ou a verdade relativa a sua percepção material.
      Cedo ou tarde a ciência de hoje, no futuro também ficará para tras, e o que hoje é verdade, amanhã poderá ser um grande engano. A ciência também terá que evoluir, porque há mais mistérios entre o céu e a terra que a ciência está longe e incapaz de desvendar.
      Estamos todos separados e todos interligados, várias ideias identicas podem aparecer em vários cantos da terra ao mesmo tempo.
      Ser materialista é ser limitado, é ser quase máquina.
      Acorda porque depois difícil vai ser te acordar!

      Excluir
  24. Stephen Hawking pode ser um físico brilhante, mas o raciocínio em que se baseia para chegar à conclusão da finitude da alma humana e da não existência de Deus é pueril e catastrófico.
    Já o Einstein, este sim, foi sem dúvida um físico brilhante. Herdeiro das teorias de Galileu, aprofundou o pensamento e chegou a grande Teoria da Relatividade. Todas suas teorias foram comprovadas. A teoria do desvio da luz no espaço, comprovada por cientistas após sua morte durante um eclipse lunar; a teoria de que a energia era igual a matéria, comprovada com a fissão nuclear, e tantas outras.
    Apesar de não acreditar na imortalidade da alma, como afirma em seu "Como Vejo o Mundo", chegou a dizer várias vezes em vida que toda vez que observava o universo chegava à conclusão de que só um grande Ser poderia ter criado essa maravilha tão perfeita.
    Na questão do legado científico, Hawking não chega nem aos pés de Einstein. O Einstein continua insuperável, se encontra a anos-luz de qualquer físico atual.
    O Einstein era muito mais inteligente. Negava a existência de uma outra vida após a morte, mas parece que encontrava o seu Deus nas suas observações do universo. Então eu pergunto: por que todo mundo que acredita em Deus acredita na imortalidade da alma ? Ora, uma coisa pode existir sem a outra. Não há nenhum contrasenso nisso. E outra coisa, as pessoas também tendem a separar Deus do Universo. Tendem a pensar Deus como um Criador de tudo.
    Eu estou mais para Spinosa, sou panteista. Significa que Deus e o Universo são uma coisa só. Não são seres distintos. Não há um criador porque simplesmente o universo nunca teve um início. E também nunca terá fim, simplesmente porque Deus é eterno. A humanidade e o planeta Terra podem ter um fim, mas o universo vai continuar existindo. E se daqui a bilhões de anos o universo se contrair num ponto infinitamente pequeno e voltar a explodir num outro Big Bang, talvez ocorra o milagre de surgir boiando no espaço um pequeno planeta como o nosso com todas as condições favoráveis para o surgimento da vida. E quando falo em "condições favoráveis" estou me referindo ao milagre deste novo planeta ficar a uma certa distância do sol, ao milagre de não ser atingido e pulverizado por um grande meteorito, ao milagre do clima favorável, ao milagre de nossos ancestrais conseguirem sair das árvores para as savanas, ao milagre de andar sobre duas pernas, ao milagre de ter inteligência e a milhares de outros milagres que, sem estes milagres, a vida não teria vingado nesse planeta tão hostil. (continua no próximo post)

    ResponderExcluir
  25. (Continuando)
    O Universo é eterno, e Deus é eterno porque Deus é o universo. O conceito de "Eterno" não é muito aceito pelo humano porque vivemos numa dimensão de tempo e espaço, e só conseguimos pensar dentro dessa dimensão. O tempo existe para nós, mas é relativo. Fora dessa dimensão o eterno e infinito são conceitos cognoscíveis.
    Mas quando penso nesses bilhões de milagres que aconteceram para que eu pudesse agora estar teclando nesse computador, penso também que é muito difícil acreditar no acaso. Tudo parece ter um sentido. Estamos aqui por nada e para nada ? Uma coisa não podemos negar. Somos o ápice da criação nesse universo. Pensamos e somos os únicos seres que têm consciência da vida e da morte, que faz História, que transforma o mundo, será que somos a imagem do nosso criador ? Somos livres, posso me levantar desse computador agora mesmo e tirar a vida de um ser humano. Por que não faço isso ? O que me impede ? Sou responsável pelos meus atos.
    Enfim, eu acho que devemos fazer perguntas porque essa condição é inata ao ser humano. O que não podemos é dar respostas simples a grandes questões. "Há mais mistérios entre o céu e a terra do que possa imaginar nossa vã filosofia", disse Edgar Alan Poe. Eu sempre penso nisso quando acho que já tenho respostas pra tudo. E também penso e comparo um grão de areia com o tamanho do astro-rei (Sol). E me comparo ao tamanho do planeta, e comparo o tamanho do planeta à nossa galáxia, e o tamanho da nossa galáxia com bilhões de outras galáxias que existem no universo e só consigo chegar a uma única conclusão: Eu não sou NADA. E citando uma frase do filósofo grego Sócrates, dotado de grande sabedoria: "Só sei que nada sei".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo_anti_Hawking,

      Seu texto é muito bem escrito. Mas por que esse esforço em diminuir Hawking? "What's the point?"
      Einstein usava a palavra Deus como metáfora para o Universo e sua ordem; Hawking faz o mesmo.
      Einstein disse que quem acredita na existência após a morte é "um fraco, medroso e estupidamente egoísta"; Hawking disse que a crença na vida após a morte é um conto de fadas para adultos que têm medo do escuro. Einstein foi mais importante historicamente? Sem dúvidas. Mas o que isso tem a ver com a temática discutida aqui?

      "Só sei que nada sei"? Adoro essa postura epistemológica. O problema é o modo como as pessoas querem usar isso... Querem usar a ignorância para contornar a ansiedade da morte. "Só sei que nada sei, não sabemos nada, logo... oba! Pode haver vida no além! Ufa!" Isso para mim é mais uma manifestação da fraqueza, covardia e do egoísmo a que se referia Einstein.

      Excluir
    2. A Discussão é boa e nos leva a grandes reflexões...
      Primeiramente temos que ter a consciência que os dois nomes em questão são dois físicos, ou seja, pessoas que tiveram a VIDA dedicada ao estudo da matéria, daquilo que podem ver e pegar.
      A Vida humana não se resume naquilo que vemos e pegamos...onde será que estão os sentimentos, valores, morais e emoções. Em qual maquinaria... na bomba de pulsar ou na caixa de memórias.Porque ocorrem diferenças de uma "Máquina" a Outra...
      Ninguem prova a vida pós morte e volta pra falar sobre ela isso é fato!!! e isso nos angústia.Por outro lado isso é necessário para que o ser humano perceba sua pequenês diante de todo o universo no dia a dia, mas infelizemnte só fazemos isso quando o fim está à nossa frente...Não são só os covardes que apelam à diversas crenças... todos!!! O ateísmo acaba no momento do fim, conversem com profissionais que lidam com esses momentos e verão.
      Somos corpo materia, mas temos um lado que independente do momento que estamos passando, sendo de fim ou não, é nutrido através de bons sentimentos...boa relação com a natureza, boas músicas,... bons relacionamentos...( isso não alimenta a matéria, mas o espírito).O espírito não é materia, não está em nenhum orgão vital é interno a cada um de nós, e não está desesperado buscando contos de fadas para não morrer... pelo contrário, um espírito alimento de bons sentimentos, não valoriza tanto o que é materia( pegável)... mas o que o que é sentido( Altos valores).
      É preciso muito mais fé para acreditar que o homem veio do nada e para o nada vai... do que acreditar em um mundo espiritual.

      Excluir
  26. A ciência vem estudandos os casos de quase morte de milhares de pessoas . Para quem não sabe - quase morte são aqueles que foram dados como mortos e retornaram a vida...Valae a pena ler a respeito pra se tirar alguma conclusão. Basear tão somente em alguns genios e dar como certo o que eles dizem - por eles serem o que são........???????!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, William, quando você diz "a ciência vem estudando os casos de quase morte de milhares de pessoas", poderia especificar a fonte? Em quais periódicos científicos esses estudos foram publicados? São periódicos sérios? (qual o fator de impacto?)
      A propósito: o estudo de casos de quase-morte (um tipo de estudo que realmente é possível) tem pouco a ver com evidência de existência no além. Ocidentais às vezes têm visões de túneis, já os japoneses, de jardins... isso me parece muito pouco objetivo. Eu não apostaria minhas fichas nesse tipo de "evidência".

      Excluir
  27. Até gostaria de acreditar em outra vida após a morte. É confortante. Por outro lado, o "nada" pode ser o paraíso. O simples fato de deixar de existir, não deve nos preocupar. Não se sente nada. É DEIXAR DE EXISTIR e pronto.
    Espero que, ainda em vida, eu consiga me convencer do contrário. Acho que o símbolo de Deus é muito bonito para deixar de existir, mesmo que não exista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nabil, não concordo inteiramente com seu ponto de vista, mas ela é honesta e, por isso mesmo, respeitável. Acho que é possível argumentar (racionalmente) nesse sentido.

      Excluir
  28. 1-A CIENCIA DIZ ADMITIR A EXISTENCIA DA MEDIUNIDADE!
    POREM ELA NÃO CONSEGUE EXPLICAR COMO ALGUNS MEDIUNS CONSEGUEM SABER SOBRE SEGREDOS PESSOAIS DE PESSOAS QUE ELES NUNCA VIRAM!
    EXISTEM ARTIGOS DE REVISTAS CIENTIFICAS E DOCUMENTARIOS QUE FALAM ISSO, MOSTRANDO A PESQUISA E OS RESULTADOS!
    PODE SER ARMAÇÃO?PODE SER VERDADE?PODE SER ALGUM DOM INEXPLICADO??
    2-O GRANDE PROBLEMA DE NÃO SE ASSUMIR A VIDA POS MORTE OU A EXISTENCIA DE DEUS É O GRANDE E IMENSO VAZIO QUE ISSO VAI GERAR NA VIDA DE TODAS AS PESSOAS!
    BIOLOGICAMENTE FALANDO, A NOSSA MAIS IMPORTANTE MISSÃO NA TERRA É PASSAR OS GENS PRA FRENTE!
    TODO O RESTO E SECUNDARIO,TODO O RESTO COM O TEMPO SUCUMBI,POREM, OS GENES SEMPRE CONTINUAM INDO EM FRENTE!
    ORAS, SE O SENTIDO DA VIDA APENAS FOR ISSO, ENTÃO DEPOIS DE TERMOS E CRIARMOS UNS FILHOS, AI PODEMOS NOS MATAR??
    OU AS VEZES, ESSE SENTIDO DA VIDA É TÃO PEQUENO E VAZIO E TRABALHOSO, QUE ENTÃO, VAMOS NOS MATAR??
    E AGORA, SENHORES CETICOS???
    A TUA MISSÃO E APENAS PRO CRIAR, É MUITO POUCO NE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "1-A CIENCIA DIZ ADMITIR A EXISTENCIA DA MEDIUNIDADE!(...) EXISTEM ARTIGOS DE REVISTAS CIENTIFICAS"

      Você pode indicar um artigo de uma revista científica conhecida e respeitável (Nature, Science etc.) reconhecendo a mediunidade?

      "2-O GRANDE PROBLEMA DE NÃO SE ASSUMIR A VIDA POS MORTE OU A EXISTENCIA DE DEUS É O GRANDE E IMENSO VAZIO QUE ISSO VAI GERAR NA VIDA DE TODAS AS PESSOAS!
      BIOLOGICAMENTE FALANDO, A NOSSA MAIS IMPORTANTE MISSÃO NA TERRA É PASSAR OS GENS PRA FRENTE!"

      Somos feitos de genes, mas não somos genes, somos seres humanos, o que é diferente.

      Bem-vindo ao clube dos mortais, sr. Forex Brasil!

      Excluir
  29. SE A TUA MISSÃO,CARO CETICO, É APENAS PRO CRIAR NESSE MUNDO, POR QUE TRABALHAS TANTO?
    PORQUE FICA PERDENDO O TEU TEMPO ESTUDANDO OU BRIGANDO COM ALGUEM?
    O QUE VC ESTA FAZENDO NA INTERNET???
    VA PROCURAR PESSOAS DO SEXO OPOSTO E TENTE DEIXAR O MAIOR NUMERO POSSIVEL DE FILHOS AQUI, E PRONTO, VC MORRERA FELIZ E COM A SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO!
    OS CIENTISTAS CITADOS NO ARTIGO, PORQUE TRABALHARAM TANTO EM TESES??
    O DA CADEIRA DE RODAS, PORQUE NÃO SE MATAR LOGO?
    AFINAL, SEGUNDO A TEORIA DELE, ELE FOI VITIMA DA PROBABILIDADE GENETICA E ACABOU NASCENDI DEFICIENTE, ENTÃO, NÃO EXISTE SENTIDO NA VIDA DELE AQUI, MAS PORQUE ELE CONTINUA VIVENDO ENTÃO?????

    REPARARAM SENHORES CETICOS, COMO É TÃO SEM SENTIDO A VIDA SEM ACREDITAR EM DEUS?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os cientistas citados trabalharam tanto porque são apaixonados pelo que fazem, se divertem fazendo isso. Como disse Einstein, "A experiência mais bonita e profunda que um homem pode ter é a sensação do misterioso". Aquele que mantém viva a chama da curiosidade, do deslumbramento pela natureza, ou a da criatividade, não precisa se apegar em tais crenças para justificar sua existência. A pessoa simplesmente faz a opção pela vida e pronto.

      Mas a curiosidade é uma faca de dois gumes. A curiosidade é perigosa, pois o conhecimento provoca a perda da inocência (consciência da mortalidade) e somos expulsos do nosso paraíso infantil (em que há um Deus, um paraíso celestial e uma vaga reservada nele para nós). Mas, como nos ensina o mito de Pandora, ainda que o ser humano habite um mundo cheio de desgraças, enquanto ele conservar a esperança, sua existência nunca será completamente desgraçada. E, como nos ensina outro mito grego, com a chama concedida por Prometeu, o deus amigo da humanidade, os seres humanos podem dominar a natureza e mudar a própria sorte a seu favor.
      Tenho esperança de que um dia a morte não será mais inevitável, nem será o fim de tudo (talvez a criogeni já permita isso). Felizmente, outras pessoas bem mais inteligentes que eu também acreditam e estão se empenhando nisso (exemplo: http://goo.gl/mQn5r ).
      Talvez eu não alcance esse dia. Mas a mera consciência de que, um dia, provavelmente ainda neste século, o ciclo inevitável de nascimento, envelhecimento e morte será rompido e as pessoas não mais precisarão acreditar em contos de fadas (como os crentes, religiosos) ou viver desesperadas (os nihilistas) já me motiva bastante.
      Posso não atingir esse dia, mas para mim, já está de bom tamanho saber que tomei a atitude que me pareceu mais racional e honesta e que esse tipo de atitude beneficia esse fluxo humano, essa jornada da mente humana pelo universo, que está só no começo.

      Excluir
    2. Meu Deus, que cara burro..

      "nasceu deficiente", "pro criar".

      Excluir
  30. O quanto pequeninos somos, em anos de estudo nos mais variados assuntos relacionados a tecnologia espacial e de telecomunicações entre outros, cada vez que me defronto com estes questionamentos, vejo que mesmo diante do obvio, o homem continua negando a DEUS, ja sei eles precisam de um milagre para tentar explicar o inesplicavel, quem sabe assim entrem em contradição, deixem o ceticismo de lado e se curvem diante do poder de DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai estudar, seu portugues está péssimo.

      Excluir
  31. Esses comentários são curiosos porque o assunto do tópico não é se Deus existe ou não, mas se existe ou não evidência de existência após a morte. Por que a confusão?

    Segundo o antropólogo Scott Atran as pessoas invocam Deus não porque realmente estão preocupadas em adorar algum ser sublime e louvável. Elas invocam entidades superiores sobrenaturais porque o cenário evolucionário humano, em especial o pavor de predadores e da morte, favoreceu e favorece essa crença arraigada no cérebro humano. O filósofo e neurocientista Sam Harris em uma palestra dada este ano na Áustrália também reconheceu isso: a questão não é Deus, a verdadeira questão é o medo da morte.

    É claro que Deus pode existir (se eu tivesse à minha disposição 1000 anos, iria investigar essa questão mais a fundo). Talvez Deus seja um alienígena estudante de PhD rodando uma simulação computacional da qual fazemos parte. Se Deus existe e é todo-poderoso, eu gostaria de obter uma explicação: por que ele criou uma cadeia alimentar baseada inteiramente no sofrimento? (exemplo: http://goo.gl/sarGs ) Seria ele sádico? Ou um demiurgo sem brilho próprio que tenta escapar do tédio se excitando com existências humanas? (convenhamos, uma visão que já é um pouco mais realista, considerando a quantidade de misérias no mundo humano e no mundo animal).
    Ah, me desculpe, você não se preocupa com isso porque a Bíblia fala que os animais foram feitos para servir ao homem, claro. Eu queria que as vacas e capivaras tivessem sua própria versão da Bíblia, para eu conferir se isso estaria de acordo com a versão desses animais...

    Desculpe, mas não vejo uma real preocupação com Deus na maioria das pessoas, da mesma forma que nunca vi nenhum cristão doando seus bens aos pobres, lavando os pés de mendigos ou dando a outra face ao agressor. Vejo apenas a mente humana buscando a solução mais fácil para fugir do nihilismo, da angústia existencial, do medo da morte/finitude.

    Se você não acredita em Deus, mas tem uma veia espiritual e não se satisfaz com as soluções de longo prazo do transhumanismo (e suas imagens robóticas um tanto feiosas), será que existe algum outro modo de lidar com a consciência da mortalidade aqui e agora? Eu acho que os budistas apareceram com uma solução (e uma terapia, a meditação) que, conquanto sozinha não resolva o problema do ponto de vista coletivo, é mais elegante e honesta: "Existe algum modo de impedir uma gota de secar? Sim, atirando-a ao mar."
    Infelizmente abandonar completamente o corpo e a mente é algo para poucos. O fato da grande maioria (mas não todos!) budistas adotarem crenças sobrenaturais (como a reencarnação) é evidência disso...
    Caminhemos.

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Frase de minha autoria:
    Reflita:

    "Deus existe, o Homem é que é um ser imaginário" !!!!

    É Impossivel olhar o universo e dizer não, Deus não existe!!

    É impossivel acreditar nos Homens e suas ideias biblicas !!

    ResponderExcluir
  34. estou horrorizado ciente de que tantas pessoas preferem acreditar simplesmente no nada do que nos ensinamentos de jesus que que por sinal entregou sua vida justamente pra salvar esses tipos de pessoas...lamentavel

    ResponderExcluir
  35. Dos filósofos prefiro a conclusão de Immanuel Kant. Simplesmente não dá pra saber. Qualquer afirmação sobre a existência ou não de outros planos, outros universos ou de um Deus, seriam meros atos de fé religiosa. Tudo o que está além dos sentidos não pode ser provado, nem que sim, nem que não. Ou então, se não existisse vida como conhecemos, um ser consciente qualquer diria que a vida em outra forma seria impossível... ou então, você como um ser vivo, consciente, sabe que outra pessoa existe porque a vê, a percebe, mas não é só isso. Também sente em si a vida, fato esse que expressa muito mais, em última análise, do que o que capta seus próprios sentidos.

    ResponderExcluir
  36. CEGO DE NACENSSA NAO SONHA !!!!!

    bom dia PESSOAL na verdade existe diversas pesquisa na areá de experiencia pós morte mas todas conduzidas de formas erradas !! porque sao relatos de pessoas erradas agora por que pessoas erradas por que? são pessoas que enchegava antes de entra no coma então os médicos dizem que foi fruto da imaginação da pessoa agora se fisecemos a experiencia com pessoas cegas de nacenssa pessoas que não tem neuma imagem arquivada no seu consciente ou sub consciente não sei se você sabe mas cego de nacenssa nao sonha!!! http://www.youtube.com/watch?v=JqMql8cRZ6M veja esse vídeo ela e cega de nacenssar voce nao acha que seria pela o meio de acaba com essas duvidas se foi um fato real ou apenas uma ilusão da mente

    ResponderExcluir
  37. Vanderlan, parece que pessoas cegas de nascença sonham sim, embora sonhos sem imagens: http://www.popsci.com/scitech/article/2002-02/what-do-people-who-have-been-blind-birth-see-their-dreams

    Você pode citar uma dessas pesquisas a que você se refere? Qual é o periódico (= jornal científico) em que ela foi publicada? Qual o fator de impacto desse periódico? A conclusão do artigo aponta ou sugere algum tipo de evidência de vida após a morte? Ou essa conclusão é sua? Você acha que está sendo realmente imparcial nesse julgamento? Admitiria a conclusão oposta, ainda que desagradável?

    Guilherme Parisi: acho que existe como provar coisas que estão além do sentido (vejam as descobertas em física teórica, sempre precedidas por formulações matemáticas). Quanto ao não conhecimento de um possível mundo sobrenatural, o fato de sabermos que somos animais guiados por um ancestral instinto de sobrevivência me faz duvidar que a chance de existir ou não espírito de uma pessoa (ou de uma vaca, de uma cabra, de uma formiga etc.) após a morte seja 50%. Acho que se trata de mais uma estratégia cognitiva para afastar o medo da morte ("Se não tem como ter uma certeza negativa, então existe uma chance!").

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com Cassini.

      Um ponto de vista que fundamenta a forma de pensar que estou de acordo,é a seguinte questão:Porque animais irracionais não tem religião?É uma pergunta simples e humilde.Mas ainda sim revela que o nosso cérebro é bem fantástico,fantástico a ponto de criar ilusões para suprirmos o medo da morte pois,inegavelmente a conciência plena da morte em si entra em conflito com nosso instinto de sobrevivência,que carregamos conosco a todo momento ainda que nem sempre seja evidente.
      Há quem diga que alguns animais tem alguma conciência de sua morte,o que é possível(exemplo os elefantes,que caminham para lugares mais calmos quando sentem que vão morrer.)mas ainda sim é bem vaga e não vemos nehum índicio de praticarem algum culto,ritual a algo superior e divino.O porque disso é justamente que pela falta* de conhecimento e projeção definida da morte como certeza,é que vivem somente o presente e não se martirizam com tal questão.Posso arriscar dizer que em *relação a isso* vivem suas vidas melhor que nóis,seres da espécie humana.
      Concluo que irônicamente,a nossa inteligência é nossa maior dádiva e também nossa maldição.
      Somos dominantes no planeta Terra,mas este é o preço.
      Não consigo repudiar por completo aqueles que acreditam num ser divino.Não.Confessemos que é uma mentira que todos nóis gostaríamos de acreditar.
      *Só que alguns são apaixonados com a verdade,e a verdade é composta por fatos,e não pelo o que se acredita.*O que se acredita é apenas algo que pode ser falso como também verdadeiro.
      Só existe uma verdade e essa verdade é o fato.
      E o fato é que até o presente momento não foi encontrado absolutamente nada que indique uam vida após a morte.
      Se vocês crentes em um ser divino ou de vida após a morte tiverem *evidência da existência da mesma,
      por favor apresentem.Seria de grande valia para toda a espécie.Mas se possuem crenças sem evidências,estão no lugar errado.O blog é claro em seu objetivo.
      E Cassini,a evolução é constante quem sabe admitir essa doloroso conflito aliada a ciência não de resultados sólidos.Aos retardatários nessa corrida, tenhamos paciência.











      Excluir
    2. Excelente comentário, Augusto!
      "Concluo que irônicamente, a nossa inteligência é nossa maior dádiva e também nossa maldição." Os gregos, que inventaram quase tudo, também falaram disso no mito de Pandora. A curiosidade humana (ciência) levou a primeira mulher abrir a caixa de Pandora, liberando no mundo (da consciência) toda sorte de desgraças, como as doenças e as misérias inescapáveis que assolam a existência humana. A única coisa que sobrou foi a esperança. Parece significar que, enquanto conservar esperança, por mais desgraças que existam no mundo, o ser humano nunca será um desgraçado por inteiro.

      Ainda sobre o instinto de sobrevivência, acho que dois filmes fantásticos sobre isso são "O náufrago" e "127 horas".

      Excluir
  38. Epicuro matou no peito essa questão há mais de 2.000 anos:

    "Nossa alma é composta de átomos, por isso é mortal como nosso corpo, nos é dado viver uma só vez. AS MULTIDÕES SE CONSOLAM COM A ESPERANÇA DE OUTRA VIDA MELHOR." (Epicuro)

    "Se Deus quer impedir o mal, mas não é capaz, então ele não é onipotente.
    Se Deus é capaz, mas não quer impedir o mal, então ele não é benevolente.
    Se Deus não é nem capaz, nem está disposto a impedir o mal, por que chamá-lo de Deus?" (Epicuro)

    ResponderExcluir
  39. É preciso muita fé para ser ateu, tanta fé quanto quem acredita na existencia de Deus. Só depois de provado cientificamente que Deus não existe, é que teremos certeza disso, óbivio. Até lá, tanto os ateus quano os "teus" têm que ter muita fé, embora em sentidos opostos.

    ResponderExcluir
  40. Existe alguma prova ou algum artigo de uma revista científica conhecida e respeitável (Nature, Science etc.) provando de maneira irrefutável e incontestável a não existência de alguma forma de vida após a morte?
    Quem de vocês aqui pode afirmar e provar cientificamente, sem deixar nenhuma dúvida, que a chamada morte do corpo físico é definitivamente o fim ou quem pode igualmente afirmar o contrário disso?
    Não entendo então essas certezas, tanto pelo lado dos que creem como dos que não creem; essas afirmações no mínimo prepotentes e arrogantes sobre um assunto que até hoje nunca foi (e talvez nunca será?) devidamente respondido.
    Acho que cada um de nós aqui, estamos inclinados a acreditar no que nos parece, (pessoalmente,claro) mais confortável ou mais aceitável, e isso certamente é individual e variável.
    Uma humilde sugestão: já que não existem provas nem para um lado nem para o outro, não seria mais sábio usar do benefício da dúvida? :)

    ResponderExcluir
  41. Phebe, existe alguma evidência científica da não existência da Fada do Dente? Acho complicado interpretar a inexistência de evidência negativa como suporte para se acreditar em algo.

    Sobre o benefício da dúvida, vou tentar ilustrar aqui o raciocínio que os simpatizantes do transhumanismo fazem quanto a esse "benefício da dúvida".

    Suponhamos que você já está adormecendo e houve um forte barulho na porta de sua casa. Pode ser o vento ou algum animal. Ou pode ser um ladrão, um maníaco. O que é mais racional?

    1) Aproveitar o benefício da dúvida e voltar a dormir;
    2) tomar uma ação, como, por exemplo, verificar o ocorrido. Se houver algum perigo real, você poderia
    2.1) chamar a polícia;
    2.2) pedir ajuda aos vizinhos ou amigos;
    2.3) se defender com que estiver à disposição.
    Se não houver perigo real, você volta a dormir.

    Vejamos.

    Cenário de nenhuma ação(0) e circunstâncias positivas(+):
    Você usa o benefício da dúvida e retorna ao sono. Tudo não passou de um barulho. Você e sua família estão bem.

    Cenário de ação(1) e circunstâncias positivas(+):
    Na dúvida, você resolveu se levantar e verificar o barulho. Tudo não passou de um barulho. Você se levantou atoa (custo). Você e sua família estão bem.

    Cenário de nenhuma ação(0) e circunstâncias negativas(-):
    Você usa o benefício da dúvida e retorna ao sono. Mas o barulho era um maníaco arrombando a porta dos fundos e agora ele já está abrindo a porta do seu quarto. Ocorre uma tragédia.

    Cenário de ação(1) e circunstâncias negativas(-):
    Na dúvida, você resolveu se levantar e verificar o barulho. O barulho era um maníaco arrombando a porta dos fundos. Você conseguiu chamar a polícia e os vizinhos a tempo, se trancou com sua família em um dos quartos e se armou com o que tinha à disposição. Agora, apesar das circunstâncias negativas, adversas, você tem uma chance de evitar uma tragédia e colocar você e sua família a salvo.

    Dito isso, não quero dar impressão de que essa é uma ideia absoluta. O propósito do blog é apenas compartilhar uma visão de mundo alternativa (e plausível) sobre o futuro da condição humana (para aqueles que não se satisfazem com a versão da igreja do bairro ou com o niilismo). Uma pessoa pode se convencer de que a mortalidade humana não seja um problema para ela. Mas se você vê a morte involuntária como um problema da condição humana, não vejo como tirar benefício da dúvida. Considerando o que você tem a perder, é um preço muito alto para se pagar por uma consolação. Devem existir alternativas melhores.

    ResponderExcluir
  42. wow what a nice article we have here.try this link at univ.of.ng

    ResponderExcluir
  43. Se um desses seres no fundo das tenebrosas regiões do oceano recebesse de repente o dom da inteligência, a faculdade de estudar o seu mundo e de basear suas apreciações num raciocínio, que idéia faria da natureza viva que se desenvolve no meio por ele habitado e do mundo terrestre que escapa ao campo de suas observações ?
    Se, agora, por maravilhoso efeito do poder da sua nova faculdade, esse mesmo ser chegasse a elevar-se a superfície do mar, não distante das margens de uma ilha com esplendida vegetação e banhada pelo sol fecundante, que juizo faria ele das suas antecipadas teorias sobre a criação do universo?
    Não as baniria, de pronto, substituindo-as por uma apreciação mais ampla, relativamente tão incompleta quanto a primeira?
    Tal é o Homem, a imagem da vossa ciência toda especulativa.

    ResponderExcluir
  44. Acredito em minha humilde opinião que não devemos satirizar ou refutar a não existência de EQMs e de Deus com base apenas em materiais dignos de pódio e referência para alguns como periódicos científicos, revistas famosas como Nature, Science etc..)
    Algumas destas revistas ou artigos já conseguiram provar a não existência de Deus ou de vida após a morte? Certamente que não.

    Como disse William Shakespeare " Há mais mistérios entre o céu e a terra, do que a nossa vã filosofia"

    Também não concordo com este pensamento. "Nossa alma é composta de átomos, por isso é mortal como nosso corpo, nos é dado viver uma só vez".

    E quem disse que o átomo é mortal? O átomo não morre, ele se transforma em outros, seja por reação de fusão, fissão e processos radioativos.

    A questão da existência ou não de vida após a morte do corpo físico tem habitualmente sido considerada como metafísica, portanto, não passível de abordagem científica.

    Para que uma teoria ou hipótese seja passível de investigação científica, um ponto fundamental é que ela deva levar a predições que sejam testáveis
    empiricamente (ou seja, com base na experiência, na observação). Nisso há vários livros publicados e materiais dignos para serem analisados.

    O que acredito é que um tema tão polêmico como este, não deve ser somente guiado por idéias pré-estabelecidas, ou seja, teorias cientificas, religiosas, filosóficas.

    Enfim, respeito a opinião de todos, pois crer que nossos pensamentos são uma verdade absoluta está preparado para ser deus e não um ser humano.

    Para finalizar cito alguns cientistas, vários deles ganhadores de prêmios Nobel que também se dedicaram à sobrevivência da mente após a morte. Entre eles estão Cammille Flammarion, William Crookes, Alfred Russel Wallace, Ernesto Bozzano, Alexander Aksakof, Oliver Lodge, Lord Rayleigh, J. J. Thomson, Cesare Lombroso e Charles Richet.

    ResponderExcluir

  45. O AMOR INCONDICIONL AGIU NOSSA DESTRA PODEROSA, QUE FORÇA OUTRAS MÃOS SÁBIAS, CRIANDO ESTA AÇÃO TERRENA, TRABALHANDO PELO BEM COMUM:
    (GN.1.31) – VIU DEUS TUDO QUANTO FIZERA, E EIS QUE ERA MUITO BOM: HOUVE TARDE E MANHÃ, O SEXTO DIA: (AR.66.5)
    (IS.14.24) – Jurou o Senhor dos Exércitos, dizendo:Como pensei, assim sucederá, e, como determinei, assim se efetuará: (IS.55.11) – Assim será a palavra que sair da minha boca: Não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei:(RM.10.19)Porventura não terá chegado isso ao conhecimento de Israel? (LC.17.30) – Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar: (JÓ.9.19) – Se se trata da força do Poderoso, ele dirá: Eis-me aqui! (DN.5.24) - Então, da parte Dele foi enviada aquela mão que traçou esta escritura: E em obediência as ordenanças do Senhor Nosso Deus, a nossa Destra recompõe as 66 letras e 5 sinais da parábola acima, para confirmar que:
    EU DEI MINHA MÃO AO DEUS, QUE TRAZ FUTURO A VIDA: E AQUI EXISTE O TESTEMUNHO DO VERBO: (IL.66.5)
    Com essa Mão Abençoada os Profetas bíblicos escrevem que:
    (2PE.1.2) – A GRAÇA E A PAZ VOS SEJAM MULTIPLICADAS NO PLENO CONHECIMENTO DE DEUS, E DE JESUS, NOSSO SENHOR: (AR.76.3) E com estas 76 letras e 3 sinais, o Todo-Poderoso nos confirma que: JÁ ESCREVO AGINDO AOS CONSCIENTES NO MUNDO, PELA JUSTIÇA, E PELA PAZ DOS HOMENS E DAS MULHERES: (IL.76.3)
    (PV.16.1) – O CORAÇÃO DO HOMEM PODE FAZER PLANOS, MAS A RESPOSTA CERTA VEM DOS LÁBIOS DO SENHOR: (AR.67.3) - No mesmo critério revelamos o conteúdo objeto da parábola acima, recompondo as 67 letras e 3 sinais que a compõem, assim: NOSSO HOMEM TEM PASSADO PROVA DE SABER, PELA CERTEZA NO CORAÇÃO DOS FILHOS DO AMOR: (IL.67.3)
    (IS.14.26) – Este é o desígnio que se formou concernente à toda a terra, e esta é a MÃO que está estendida sobre todas as nações.

    ResponderExcluir
  46. E O VERBO ENCARNADO JÁ SE CONSAGRA NA AÇÃO DO FILHO DO HOMEM:
    (2Rs.21.10) – ENTÃO O SENHOR FALOU POR INTERMÉDIO DOS PROFETAS, SEUS SERVOS, DIZENDO: APRESSAMOS-NOS A CONSAGRAR A AUTO-REVELAÇÃO DE CRISTO, NA NOSSA EXORTAÇÃO; (Is.30.12) – PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
    (AP.1.10/11) Achei-me em Espírito no dia 30.09.1985, e ouvi por detrás de mim grande voz como de trombeta, dizendo:: (TB.7.7) – Abençoado sejas, filho meu, porque és filho de um Homem de bem e virtuosíssimo; (1SM.9.20) – e para quem está reservado tudo o que é precioso em Israel: (GN.27.43) – Agora, pois, meu filho, ouve o que te digo: (DT.6.6) – Estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração; (EZ.28.6) pois que estimas o teu coração, como se fora o coração de Deus: (IS.22.4) – Portanto digo: (SL.20.4) – Conceda-te segundo o teu coração, e realize todos os teus desígnios; (LS.15.3) – porque conhecer-te é a consumada justiça, e o saber a tua justiça e o teu poder, é a raiz da imortalidade. (SL.119.130) – A REVELAÇÃO das tuas palavras esclarece, e dá entendimento aos simples: (GN.28.15) Eis que Eu estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores...
    (LC.20.9) – A seguir passou Jesus a proferir ao povo esta parábola:

    (GN.1.5) – CHAMOU DEUS A LUZ DIA, E AS TREVAS NOITE: HOUVE TARDE E MANHÃ, O PRIMEIRO DIA: (AR.59.5)

    (GN.43.23) – Ele disse:(2TS.1.3) – Irmãos, cumpre-nos dar sempre graças a Deus, no tocante a vós outros, como é justo, pois a vossa fé cresce sobremaneira e o vosso mutuo amor de uns para com os outros vai aumentando: (JB.6.27) – Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo: (GL.1.9) E assim como já dissemos, agora repito: (JB.14.6) – Eu sou o caminho a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim: (JS.23.14) – Eis que, hoje, já sigo pelo caminho de todos os da terra; (1CO.15.45) – pois assim está escrito, segundo a recomposição das 59 letras e dos 5 sinais que compõem a parábola acima, a saber:

    DEUS ESPIRITUALIZOU O HOMEM: ENTÃO, HA UM CRISTO NA ERA, HA A VERDADE E VIDA: (IL.59.5)

    (MT.21.33) – Atentai noutra parábola:
    (EZ.) – EZEQUIEL: A VISÃO DOS QUATRO QUERUBINS: (ES.5.2) – É AZUL: (AR.37.5)
    (HB.13.22) – Rogo-vos, ainda, irmãos, que suporteis a presente EXORTAÇÃO que vos escrevi resumidamente; (1TS.2.3) – pois a NOSSA EXORTAÇÃO não procede de engano, nem de impureza, nem se baseia em dolo; (2CO.2.17) – porque nós não estamos como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus: (JB.8.12) – Eu sou a luz do mundo: Quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida: (1SM.12.3) – Eis-me aqui: Testemunhai recompondo as 37 letras e 5 sinais da parábola acima, gerando o testemunho do Verbo Divino, que diz:
    O QUE NÃO QUIS TER BOA VIDA QUIS SER LUZ: E É A LUZ: (IL.37.5)

    ResponderExcluir
  47. A quem não acredita na existência de Deus tem que fazer o mais simples. Provar cientificamente que Ele não existe!

    ResponderExcluir
  48. A quem não acredita na existência de Deus tem que fazer o mais simples. Provar cientificamente que Ele não existe!

    ResponderExcluir
  49. Não li os bla, bla, bla acima... Mas é simples assim.
    Ponto 1
    - Existe um Deus unico e todo poderoso. Independente de crermos ou ñ!
    Ponto 2
    - Este Deus conviveu entre os homens na pessoa de JESUS, rescucitou e provou a todos suas palavras.

    Crer ou ñ nisto ira direcionar toda sua historia eterna da qual teremos todos. Estar com Deus ou sem Ele. Viva com as consequencias desta escolha.

    ResponderExcluir
  50. Ola se a vida depois da morte ou nao nao sei. Mas gostaria muito saber como e que existe espiritos pois isso existe ate cientificamente acontece coisas a nivel de espiritismo e polteirgeits que nem os propio cientistas conseguem saber como explicar.Obrigado espero por uma explicacao

    ResponderExcluir
  51. Se não existir vida após a morte, podemos dizer que a natureza fez uma tremenda crueldade com a raça humana. Pois o ser humano é o único ser vivo (que conhecemos) que tem um cérebro privilegiado para poder compreender e sentir medo da morte. Outros animais agem por instinto e certamente não ficam pensando se terá ou não uma existência depois que partirem.

    Ou seja, o ser humano é um privilegiado por ter um cérebro mais evoluído, mas ao mesmo tempo tem um contra nesse privilégio, que é o medo da morte. Aliás, acho que o medo não é da morte e sim da inexistência depois da morte. Afinal, todos os seres humanos querem de um jeito ou de outro viver pra sempre, querem existir.

    Contudo, me veio uma questão. Os cientistas dizem (e cientistas que são levados a sério pela comunidade científica) que o nada NÃO EXISTE. Mas quando perguntamos a eles o que tem depois da morte o que eles respondem? "Nada".

    Eles estão se contra-dizendo.

    Ora, se a inexistência não existe, e o que só existe é existência, e os físicos quânticos estão cansados de dizer que a "informação não se perde nem mesmo dentro de um buraco negro", ainda temos uma esperança de que algum fenômeno físico pode permitir que a informação sobre nós continue a existir no universo. Ou seja, nós morremos, mas nossa informação continua a existir. Não sei o que acontece com os átomos do nosso corpo depois que ele se decompõe, mas a nossa informação persiste existindo, é o que prevê a física quântica (e não confundam o que estou falando com aqueles charlatões que usam a física quântica para vender livros, como o Laércio Fonseca e o Hélio Couto). Estou falando da nossa informação continuar a existir de acordo com cálculos da física quântica.

    Não sei se a consciência continua, mas a física quântica diz que nossa informação persiste, ela não desaparece do universo.

    ResponderExcluir
  52. Desculpem, mas dentro da minha ignorância, pergunto:
    O Homem descobriu que a existência de mecanismos que levam imagens para dentro de nossas casas, através do aparelho de tv. Essa transferência das imagens se dá pelo ar e não a vemos.
    Será que os físicos, cientistas, ainda não tiveram a capacidade de medir se há alguma energia dentro ou junto ao corpo humano, que o conduza, direcione e consiga emitir sentimentos e intuições ?
    Os cientistas já conseguiram estudar todo o cérebro humano ?
    Desculpem pelas palavras menos qualificadas.

    ResponderExcluir
  53. Cientistas à caça da “prova científica” da existência da alma.
    Publicado por Jorge Ferraz (admin) em 05/11/2012. 5 comentários.

    http://www.deuslovult.org/2012/11/05/cientistas-a-caca-da-prova-cientifica-da-existencia-da-alma/

    ResponderExcluir
  54. Evidências científicas atuais sobre a existência da vida após a morte.

    http://www.oclarim.org/site/_pages/ler.php?idartigo=2821

    ResponderExcluir
  55. Investigadores dizem ter provas sobre a existência da alma.

    Comunidade científica critica fortemente a teoria.

    2012-11-12.

    Relatos de experiências de quase-morte referem luz no fundo do túnel
    Relatos de experiências de quase-morte referem luz no fundo do túnel.
    Stuart Hamerroff, director do Centro de Estudos da Consciência da Universidade do Arizona e Roger Penrose, físico matemático britânico da Universidade de Oxford, estão centrados em provar cientificamente a existência da alma e consideram que esta se encontra inserida nas células cerebrais, num local chamado microtúbulo – uma estrutura proteica que faz parte do citoesqueleto das células.

    Segundo os investigadores, os microtúbulos contêm energia quântica (do universo) – que corresponde à alma – que ajuda, por sua vez, a formar a consciência. Portanto, quando alguém morre, essa energia quântica (a alma) regressa para ao universo.
    A teoria tem sido alvo de fortes críticas pela comunidade científica. a cada vez que a dupla é inquirida sobre a sua teoria, relembra que quando alguém é ressuscitado após uma paragem cardíaca, existe sempre uma história comum sobre o momento da morte.

    Os cientistas explicam que essa experiência se trata na verdade do momento em que a energia quântica se vai do corpo e se vê obrigada a voltar – isto quando determinada pessoa sobrevive à paragem cardíaca. Os sobreviventes geralmente relatam a existência de uma "luz branca" ou de um "túnel".

    Segundo Hamerroff e Penrose, o cérebro humano funciona como um computador biológico com 100 mil milhões de neurónios que se comportam como redes de informação. E explicam que, numa “experiência de quase-morte”, os microtúbulos perdem seu estado quântico, mas a informação contida no seu interior não é destruída.

    ResponderExcluir
  56. http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=56179&op=all

    ResponderExcluir
  57. Existem claramente dois lados, a crença religiosa e os fatos do mundo (interpretados pela ciência - que não é crença, é provas). Eu sou ateu, e mais, sou niilista, mas não sou assim por maldade, ou por algum sentimento adverso aos deuses e seres fantásticos. Apenas não posso de forma alguma acreditar no que nunca vi e ouvi. Átomos podem ser vistos indiretamente e provados diretamente, seres fantásticos não. E além de não existir nenhuma prova sobre a existência de seres fantásticos (deuses, anjos, demônios, unicórnios, dragões, etc...) minha experiência de mundo me diz que eles todos não podem de forma alguma existir, a não ser dentro da mente das pessoas. Uma pequena prova que não existe deus algum é a situação trágica em que se encontram algumas pessoas e partes do mundo. Se houvesse algum deus, ele seria um verdadeiro sádico ou incompetente em administrar e governar um planeta miseravelmente pequeno diante do universo. E como poderia este ser ter então criado todo o Universo?
    Tirando todo o sentido que NÓS (digo, vocês supersticiosos) damos às coisas, e também excluindo todas as ambiguidades e possibilidades de que as coisas acontecem por motivos unicamente físicos, químicos e biológicos (e psicológicos no que diz respeito às obras e criações humanas) nada resta! Nada! Não existe paranormalidade, magia, poder, espíritos... Nada! Acordem, olhem para o mundo, o que há nele a não ser as pessoas e todas as outras coisas físicas... vossa ilusão e tradição religiosa são tão poderosas que vos cegam a este ponto? Certo está aquele ponto de vista que diz que se queremos um paraíso, o façamos aqui neste mundo único, nesta vida insubstituível. O mundo seria um lugar muito, mas muito melhor...

    ResponderExcluir
  58. Quando se diz que não existem estudos publicados por cientistas sérios a respeito do assunto, isso reflete uma desinformação inconcebível a quem deseja tratar de um assunto tão sério. Só a título de exemplificação: as pesquisas do grande Charles Richet; as experiências de William Crookes, o renomado físico inglês; as experiências da Socidade Psiquica de Londres; as inúmeras experiências de cientistas famosos do século XIX com os grandes médiuns (veja-se, por exemplo, A História do Espiritualismo, de Arthur Conan Doyle, sendo este mesmo um pesquisador do assunto; os trabalhos demonstrativos da vida após a morte apresentados por Alexandre Aksakof, Ernerto Bozzano, Gustave Geley e muitos outros pesquisadores sérios e considerados pelo mundo científico; as experiências de quase morte por conceituados cientistas americanos atuais. Dizer que o assunto ainda está em discussão é uma coisa, mas dizer que não há evidências é uma demonstração espantosa de desinformação. José Carlos Silveira, Brasília, DF.

    ResponderExcluir
  59. Caros membros da classe "espécie humana",
    Não me deixo influenciar por religiões ou dogmas de espécie alguma. Para ser bem sincero, penso que se constituem em verdadeiras aberrações de nossa espécie, responsáveis pelas maiores atrocidades da história da humanidade. No entanto, minha capacidade de cognição e sentidos baseados unicamente na razão e bom senso, levam-me a acreditar, sim, em algo além dos sentidos humanos; algo infinitamente poderoso que deu origem a tudo e todas as coisas e que do nada, tudo se manifestou. No Universo tudo tem origem em uma causa, gerando um efeito correspondente. O acaso não gera nada e o caos não é capaz de sustentar absolutamente nada em harmonia e, até os céticos, hão de concordar comigo. O universo sustenta um harmonia que nos sugere uma inteligência além da compreensão humana, tão limitada e, na mesma proporção, tão presunçosa e arrogante. Venhamos e convenhamos, a espécie humana não tem nada de humilde ou modesta; muito pelo contrário, é prepotente e equivocada em suas certezas e convicções. Como já dizia o sábio filósofo grego Sócrates, "Só sei que nada sei, e o fato de saber isso, me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa." É de se admirar que o ser humano ser torna cada vez mais arrogante e prepotente, na medida em que adquire mais conhecimento e desenvolve o seu intelecto, quando deveria ser justamente o inverso; se tornar mais humilde e suscetível a admitir a existência do desconhecido diante de sua imensurável pequenez. Vi que muitos gostam de usar alguns célebres cientistas para a sustentação de suas opiniões quanto à não existência de um Criador. Pois bem! Até Einstein em seu ceticismo teve a clareza de declarar, talvez inspirado por uma força oculta, o seguinte: "Tudo aquilo que o homem ignora, não existe pra ele. Por isso o Universo de cada um, se resume no tamanho de seu saber." Conclusão: no final das contas, ninguém neste mundo detém a VERDADE ABSOLUTA.
    Por isso, devemos nós prender a fatos, pois diante destes não há argumentos que se mantém ou persevere. Hodiernamente, estão sob pesquisas por todo o mundo, vários estudos científicos, fartamente encontrados e disponíveis na Internet, liderados por renomeados profissionais da ciência e da medicina, sobre o tema "vida após a morte". Tentei colocá-los aqui, mas o blog só permite até 4.096 caracteres. Espero ter colaborado de alguma forma para com os leitores deste blog e fica aqui meu ponto de vista: Viemos para este mundo para evoluirmos para algo muito maior e as agruras deste mundo são necessárias para que sejamos merecedores, Já que fomos concebidos com o maior dos presentes: O LIVRE ARBÍTRIO. Nada nos foi imposto pelo Criador a não ser a mortalidade física; quanto ao rumo ao desconhecido, fica por conta das escolhas que fazemos em vida e as obras boas ou más que deixamos, pois o que fazemos em vida, de uma forma ou de outra, ecoará na eternidade.

    ResponderExcluir
  60. Caros membros da classe "espécie humana",
    Não me deixo influenciar por religiões ou dogmas de espécie alguma. Para ser bem sincero, penso que se constituem em verdadeiras aberrações de nossa espécie, responsáveis pelas maiores atrocidades da história da humanidade. No entanto, minha capacidade de cognição e sentidos baseados unicamente na razão e bom senso, levam-me a acreditar, sim, em algo além dos sentidos humanos; algo infinitamente poderoso que deu origem a tudo e todas as coisas e que do nada, tudo se manifestou. No Universo tudo tem origem em uma causa, gerando um efeito correspondente. O acaso não gera nada e o caos não é capaz de sustentar absolutamente nada em harmonia e, até os céticos, hão de concordar comigo. O universo sustenta um harmonia que nos sugere uma inteligência além da compreensão humana, tão limitada e, na mesma proporção, tão presunçosa e arrogante. Venhamos e convenhamos, a espécie humana não tem nada de humilde ou modesta; muito pelo contrário, é prepotente e equivocada em suas certezas e convicções. Como já dizia o sábio filósofo grego Sócrates, "Só sei que nada sei, e o fato de saber isso, me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa." É de se admirar que o ser humano ser torna cada vez mais arrogante e prepotente, na medida em que adquire mais conhecimento e desenvolve o seu intelecto, quando deveria ser justamente o inverso; se tornar mais humilde e suscetível a admitir a existência do desconhecido diante de sua imensurável pequenez. Vi que muitos gostam de usar alguns célebres cientistas para a sustentação de suas opiniões quanto à não existência de um Criador. Pois bem! Até Einstein em seu ceticismo teve a clareza de declarar, talvez inspirado por uma força oculta, o seguinte: "Tudo aquilo que o homem ignora, não existe pra ele. Por isso o Universo de cada um, se resume no tamanho de seu saber." Conclusão: no final das contas, ninguém neste mundo detém a VERDADE ABSOLUTA.
    Por isso, devemos nós prender a fatos, pois diante destes não há argumentos que se mantém ou persevere. Hodiernamente, estão sob pesquisas por todo o mundo, vários estudos científicos, fartamente encontrados e disponíveis na Internet, liderados por renomeados profissionais da ciência e da medicina, sobre o tema "vida após a morte". Tentei colocá-los aqui, mas o blog só permite até 4.096 caracteres. Espero ter colaborado de alguma forma para com os leitores deste blog e fica aqui meu ponto de vista: Viemos para este mundo para evoluirmos para algo muito maior e as agruras deste mundo são necessárias para que sejamos merecedores, Já que fomos concebidos com o maior dos presentes: O LIVRE ARBÍTRIO. Nada nos foi imposto pelo Criador a não ser a mortalidade física; quanto ao rumo ao desconhecido, fica por conta das escolhas que fazemos em vida e as obras boas ou más que deixamos, pois o que fazemos em vida, de uma forma ou de outra, ecoará na eternidade.

    ResponderExcluir
  61. Não consigo acreditar na singularidade proposta por Hawking e físicos teóricos que acreditam no Big Bang como início do universo.

    Também tenho dúvidas, acredito que devemos aceitar a opinião de todos, diferente de uma ciência exata o que está sendo tratado aqui não é passível de afirmação categórica.

    Nossa arrogância em achar um monte de coisa não vai mudar o fato de que somos limitadíssimos. Hawking ou A. Eisten beiram a estupidez se comparados com a inteligência necessária para criar esses milagres cósmicos.

    Entendi tudo que você falou Cassini, você também possui a dúvida em relação a isso, se possuísse a certeza não perderia seu tempo nessa discussão. Todos nós temos. Concordo com você em diversos discursos que li, más não baseie suas concepções apenas em evidências concretas. Grandes estudos, certificados e bla bla bla, também podem estar fadados a grandes erros.

    ResponderExcluir
  62. Vamos fingir que somos inteligentes?
    Em primeiro lugar, Einstein acreditava na consciência universal,que acreditava ser a matéria escura e que é movida pelo amor,qualquer coisa
    fora destes parametros gera sofrimento e dor.
    Existem milhares de relatos de pessoas que tiveram EQM, inclusive de
    crianças (criança não mente, fantasia) sobre a continuação da consciência após a morte.
    O que dizer de crianças que nascem sem cerebro e sobreviveram até 1 ano ou mais ,respondendo ao carinho da mãe.
    O que falar do código genético, as interações moleculares, etc...
    Obra do acaso?
    Por que determinadas pessoas veem ao mundo com forte intuito de ajudar
    a humanidade, dedicando toda sua vida para este fim?
    Se realmente voce não acredita na continuação da vida, qual motivo para
    trabalhar, adquirir conhecimento?
    Por que os "Ateus" na hora do fim são os que mais pedem ajuda?
    Cégos sonham sim! (Informe-se melhor com literatura confiável)
    Nenhum processo inteligente faz-se por acaso (Química, Física, Bilogia, etc).
    Nosso código genético sofre a influência de fatores externos, ou seja é
    como um programa de código aberto, pode ser alterado e melhorado.
    Para finalizar, minha companheira literalmente sai do corpo e já me relatou diversas vezes estes fatos,inclusive quando teve um acidente de carro muito jovem ainda, em que houvia tudo que diziam ao seu redor, frases como; - esta já está morta, queiram acreditar ou não.
    Deus, ou como queiram chamar, lançou a chama o resto é conosco.
    Para finalizar, voces sabiam que o cérebro se deteriora caso não adquiram novos conhecimentos ?
    Antes de afirmarem que não acreditam pesquisem bastante.
    Um abraço a todos.
    Luiz Carlos (ex Ateu)

    ResponderExcluir
  63. Galera tudo isso é interessante, porém se vocês começarem a ver que Deus não é o velho sentado em um trono e sim o maior cientista que existe. Se pararem para pensar que a própria "alma" pode ser uma continuidade de nossa própria energia do pensar (Já que o fato de pensarmos e organizarmos idéias já é uma coisa bastante impressionante e creio que isso é regido por algum tipo de energia e na natureza energia não pode ser destruida, mas transformada) Creio que podemos pensar também que o fato da terra ter se posicionado em um "local" espacial propício para a formação da vida e evolução da própria vida, não por uma acasualidade ou sorte do destino, eu consigo ver mãos nisso tudo. Não sei explicar o que é Deus porque como fala os velhos livros "somos imagens e semelhança dele"... isso é a pior piada que pode existir, caso exista um Deus que criou tudo do jeito perfeito que é.. sinceramente, idiota é aquele que acredita que é imagem e semelhança de um ser, que se existir, é extraordinário e sequer temos entendimento para compreendê-lo. Então resumindo, para uns é mais fácil aceitar que ele não exista devido a uns livros antigos e com histórias mal contadas, e puxar para si mesmo o crédito de tudo, ou seja, cada um é seu Deus e seu juíz. Agora temos aqueles que acreditam nos livros e acham que são semelhantes a ele também e imagens do pai... bom sabe qual é o engraçado de tudo isso? todo mundo quer ser Deus de uma forma ou outra. Eu prefiro como citei acima, acreditar na possibilidade de um ser que não tem compreensão, que com certeza se manifesta pelo amor, pelo prazer, pelo sexo, sexo sim!!! pois ele foi tão perfeito ao criar o prazer aliado ao sexo que sem isso, não existiria um ser humano sequer. Agora eu não tenho discernimento, argumento, ou pretensão de me comparar a ele, caso ele exista realmente. Resumo da ópera: Prefiro esperar o dia da minha morte e descobrir quem tem razão ou não.

    Paulo Girão.

    ResponderExcluir
  64. A questão da prova da existência ou não da vida após a morte é na prática muito simples. Muitos defensores da existência acreditam na possibilidade de comunicação com os espíritos, seja através de médiums, ou através de aparelhos eletrônicos, chamada de "transcomunicação".
    Havendo boa vontade por parte dos médiums, espíritos e(ou) transcomunicadores seria fácil produzir provas confiáveis e passíveis de repetição. Bastaria para isso utilizar três caixas de sapato, cada uma pintada de uma cor, e três dados, um em cada caixa. As caixas seriam agitadas no início da sessão e deixadas tampadas. O resultado de cada caixa deveria se respondido pelo espírito durante a sessão, uma vez que os espíritos poderiam atravessar a matéria sem dificuldade.
    Existe uma resistência muito grande dos espíritos (ou dos médiums), em produzir tais provas alegando que não têm permissão para colaborar. Isso leva à descrença na veracidade da comunicação

    ResponderExcluir
  65. Há uma desinformação geral quando o assunto é este. Claro que há evidências, constatações e comprovações da vida após a morte do corpo.
    Pesquisem, pra começar, por Allan Kardec, depois por: Willian Stainton Moses, Willian Crookes, Gabriel Dellane, Cammile Flammarion, Ian Stevenson, Hellem Wamback, Gustave Geley, Alexandre Aksakof e muitos outros.

    ResponderExcluir
  66. Interessante postagem. diferentes e divergentes pontos de vista. ao meu ver um erro nos apoiarmos em conclusões desse ou daquele renomado cientista. são homens e pelo menos um deles com bastantes limitações. se Deus existe ou não deixou de ser um questionamento com respostas aceitáveis tanto por parte dos céticos quanto dos místicos. cada um defende a sua maneira e segundo suas crenças seus pontos de vista. é perceptível o medo que todos tem pelo fim da vida . contudo isso não invalida o simples fato de que nada sabemos sobre o imenso universo ao qual fazemos parte. uma simples pergunta que faço a todos . só conhecemos o pouco que pudemos aprender com a ciência até agora , mas será que alguém ai já parou pra pensar que tudo o universo esta ocupando um espaço , com toda sua massa . ai vem a pergunta . sobre o que esta apoiado toda essa massa ?? até hoje só conseguimos pensar nos limites da nossa capacidade de observação. mas e o que esta além disso ? não é justo que apoiados em conclusões baseadas em cálculos matemáticos venhamos a tirar conclusões sobre o que é certo ou errado . é leviano . concordo que religiões tem distorcidos muitas mentes, direcionando-as e as tornando escravas . homens bombas, que contrariando coisas escritas por aqueles que defende a criação segundo o homem de um Deus se deve ao fato do temor a morte . se fosse assim não haveriam homens bombas nem 11 de setembro ... o que nos faz crer em Deus esta muito mais ligado a grandiosidade do tudo que nos cerca . o macrocosmo e microcosmo não estão tão distantes assim. e da mesma forma como no macrocosmo nada se cria nada se perde ( e ai vai uma catucada nos amigos que se baseiam em renomes para dizes é este o que sabe de tudo ) também no nosso microcosmo isso se repete . posso dizer sim que 99,99% de tudo que se lê , se vê é mera especulação. mentiras criadas para que alguém lucre , mas eu acredito naqueles 0,001% . e quer saber , basta só ele pra que seja verdade a continuidade . onde esta este 0,001% com certeza longe de um homem que esta preso a uma cadeira de rodas e que por conta própria incapaz de ver o por do sol. dai a frieza das conclusões que tira sobre a criação. espero que as pessoas pensem mais , pois o que sabemos sobre o universo? americanos, japoneses, russos gastam bilhões de dólares numa busca por vidas inteligentes fora do nosso sistema. seria por acaso? e mesmo assim tantos afirmam de pés juntos que não há vida além do nosso planeta. não sou religioso. muito pelo contrario. não creio na bíblia. concordo de forma categórica que foi feita apenas como livro de doutrina e manipulação de massa. mas há algo que é indiscutível até mesmo para o maior dos ateus. com todos os diplomas , todos os cálculos e mesmo hoje em dia com todos os computadores de todo mundo ainda não conseguiremos a resposta . por que fomos criados ?
    e o que havia antes da criação do universo. quem puder responder a isso conseguirá dizer se existe ou não Deus , vida após morte , espirito .... boa noite a todos

    ResponderExcluir
  67. D I V I N A C O N V O C A Ç Ã O
    (MC.12.10) AINDA NAO LESTES ESTA ESCRITURA:(SL.108.7) DISSE DEUS NA SUA SANTIDADE: (ÊX.4.22) ISRAEL É MEU FILHO, MEU PRIMOGÊNITO; (IS.49.3) POR QUEM HEI DE SER GLORIFICADO: (IS.30.12) PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
    Todo Cristão desperto deve ingressar no ciclo da Nova Ordem Mundial, que chega com a criação do Reino de Deus na terra:
    (MT.25.34) VINDE, BENDITOS DE MEU PAI! ENTRAI NA POSSE DO REINO QUE VOS ESTÁ PREPARADO DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO: (JB.6.27) TRABALHAI, NÃO PELA COMIDA QUE PERECE, MAS PELA QUE SUBSISTE PARA A VIDA ETERNA, A QUAL O FILHO DO HOMEM VOS DARÁ; PORQUE DEUS, O PAI, O CONFIRMOU COM O SEU AMOR: (IS.42.21) FOI DO AGRADO DO SENHOR, POR AMOR DA SUA PRÓPRIA JUSTIÇA, ENGRANDECER A LEI E FAZE-LA GLORIOSA; (LC.12.32) PORQUE O VOSSO PAI SE AGRADOU EM DAR-VOS O SEU REINO; (1CO.15.45) POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO: (JB.14.17) O ESPIRITO DA VERDADE, QUE O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NAO NO VÊ, NEM O CONHECE; VÓS O CONHECEIS, PORQUE ELE HABITA CONVOSVO E ESTARÁ EM VÓS; (PV.1.4) PARA DAR AOS SIMPLES PRUDÊNCIA, E AOS JOVENS CONHECIMENTO E BOM SISO; (1PE.4.17) PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUIZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA:
    (RM.13.11) E DIGO ISTO A Vós OUTROS QUE CONHECEIS O TEMPO, QUE JÁ É HORA DE VOS DESPERTARDES DO SONO; (2PE.3.4) PORQUE, DESDE QUE OS PAIS DORMIRAM, TODAS AS COUSAS PERMANECIAM COMO DESDE O PRINCIPIO DA CRIAÇÃO: (HB.5.11) A ESSE RESPEITO TEMOS MUITAS COUSAS QUE DIZER E DIFICIL DE EXPLICAR; PORQUANTO VÓS TENDES TORNADO TARDIOS EM OUVIR: (LC.16.9) E EU VOS RECOMENDO: Estudai e praticai os fundamentos cristãos, que temos divulgado através da internet, em particular no blog de Arnaldo Ribeiro ou Israel e no Site: arnaldoouisrael: (TB.5.21) FAZEI BOA JORNADA, E DEUS SEJA CONVOSCO NO VOSSO CAMINHO, E O SEU ANJO VÁ EM VOSSA COMPANHIA:

    ResponderExcluir
  68. D I V I N A C O N V O C A Ç Ã O
    (MC.12.10) AINDA NAO LESTES ESTA ESCRITURA:(SL.108.7) DISSE DEUS NA SUA SANTIDADE: (ÊX.4.22) ISRAEL É MEU FILHO, MEU PRIMOGÊNITO; (IS.49.3) POR QUEM HEI DE SER GLORIFICADO: (IS.30.12) PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
    Todo Cristão desperto deve ingressar no ciclo da Nova Ordem Mundial, que chega com a criação do Reino de Deus na terra:
    (MT.25.34) VINDE, BENDITOS DE MEU PAI! ENTRAI NA POSSE DO REINO QUE VOS ESTÁ PREPARADO DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO: (JB.6.27) TRABALHAI, NÃO PELA COMIDA QUE PERECE, MAS PELA QUE SUBSISTE PARA A VIDA ETERNA, A QUAL O FILHO DO HOMEM VOS DARÁ; PORQUE DEUS, O PAI, O CONFIRMOU COM O SEU AMOR: (IS.42.21) FOI DO AGRADO DO SENHOR, POR AMOR DA SUA PRÓPRIA JUSTIÇA, ENGRANDECER A LEI E FAZE-LA GLORIOSA; (LC.12.32) PORQUE O VOSSO PAI SE AGRADOU EM DAR-VOS O SEU REINO; (1CO.15.45) POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO: (JB.14.17) O ESPIRITO DA VERDADE, QUE O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NAO NO VÊ, NEM O CONHECE; VÓS O CONHECEIS, PORQUE ELE HABITA CONVOSVO E ESTARÁ EM VÓS; (PV.1.4) PARA DAR AOS SIMPLES PRUDÊNCIA, E AOS JOVENS CONHECIMENTO E BOM SISO; (1PE.4.17) PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUIZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA:
    (RM.13.11) E DIGO ISTO A Vós OUTROS QUE CONHECEIS O TEMPO, QUE JÁ É HORA DE VOS DESPERTARDES DO SONO; (2PE.3.4) PORQUE, DESDE QUE OS PAIS DORMIRAM, TODAS AS COUSAS PERMANECIAM COMO DESDE O PRINCIPIO DA CRIAÇÃO: (HB.5.11) A ESSE RESPEITO TEMOS MUITAS COUSAS QUE DIZER E DIFICIL DE EXPLICAR; PORQUANTO VÓS TENDES TORNADO TARDIOS EM OUVIR: (LC.16.9) E EU VOS RECOMENDO: Estudai e praticai os fundamentos cristãos, que temos divulgado através da internet, em particular no blog de Arnaldo Ribeiro ou Israel e no Site: arnaldoouisrael: (TB.5.21) FAZEI BOA JORNADA, E DEUS SEJA CONVOSCO NO VOSSO CAMINHO, E O SEU ANJO VÁ EM VOSSA COMPANHIA:

    ResponderExcluir
  69. Deus existe, mande esses cientistas criar vida a partir do inorgânico q vcs terão algum respaldo pra falar q ele n existe, o q dói é que somos apenas isso vidas interessantes q são observadas e ponto... sem paraiso sem vida eterna e eu acho maravilhoso tentar erradicar a morte.... criticar é facil.... fala pra algum dos cientistas explicar e provar !!! de onde veio a vida a teorria da vida surgindo de compostos inorganicos é ridicula..

    ResponderExcluir
  70. No seu subconsciente existem duas possibilidades de vida, uma acreditando que existe vida após a morte e a outra que não, no fundo de sua inconsciência você já optou por qual vai seguir durante sua vida inteira, e é ela que determina suas ações, caráter, honra, honestidade, inteligência, etc., tantos as suas virtudes como seus defeitos e tudo o que você faz, são baseados nessa crença interior, quem opta em não acreditar, não tem medo das consequências, então leva a vida somente nos prazeres e passa por cima de todo mundo, a única coisa que breca o ser humano é o medo de uma punição futura e divina, essa crença faz parte de você, não importa o que você diga ou pense.

    ResponderExcluir
  71. Para que é ateu, faço um desafio,desafie Deus! De todas as formas,duvide,lale ao vento que ele não existe que desgraça alguma cai sobre vc,que seu dinheiro é mais importante que a existência de um Deus.enfim xingue ele,pois para vc isso não é nada,mas ao final de um prazo vc terá a prova do que acontecerá em sua vida, e digo mais tenho certeza absoluta do que digo,com todo respeito ateus,vcs são um monte de merda,tire a prova e guarde bem esse comentário que fiz.
    Depois me fale barufi.fabio@gmail.com

    ResponderExcluir
  72. Para quem é ateu, faço um desafio,desafie Deus! De todas as formas,duvide,fale ao vento que ele não existe que desgraça alguma cai sobre vc,que seu dinheiro é mais importante que a existência de um dele.enfim xingue ele,pois para vc isso não é nada,não existe mesmo,mas ao final de um prazo digo bem curto, vc terá a prova do que acontecerá em sua vida, e digo mais tenho certeza absoluta do que digo,com todo respeito ateus,vcs são um monte de merda,tire a prova e guarde bem esse comentário que fiz.
    Depois me fale barufi.fabio@gmail.com

    ResponderExcluir
  73. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir


  74. Tudo se resume em escolhas! O tempo todo estamos escolhendo quer seja coisas insignificantes da rotina da vida ou coisas importante como a eternidade. Uma coisa eu sei que quem escolhe acreditar que ha algo mais pode ver o paraíso, caso ele exista e caso não exista a pessoa não perde nada, uma vez que seguir os conselhos da Bíblia te faz buscar viver uma vida de amor a Deus, a si mesmo e ao próximo. Agora quem escolhe acreditar que não ha paraíso, caso tenha irá perder o acesso ao mesmo. Acredito em uma verdade e com base nessa única verdade, acredito em escolhas e consequências!

    ResponderExcluir
  75. Cada dia que passa creio menos. Não sei o porquê disso. Qual é o pai que manda um filho, por pior que ele seja, para o inferno? Isso é ser pai? Ele prega a humildade, mas Ele não é humilde, pois se diz oniciente, onipresente. Ele diz que devemos honrar pai e mãe, mas Ele não tem pai nem mãe. Ele só é bom para aqueles que fazem o que Ele manda. E, mesmo assim, permite que pessoas crentes a Ele, morram de maneira cruel. Que Pai é esse?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, me responda: se alguém transgride a lei criminal de seu país deve ser preso e condenado conforme descreve essa mesma lei, isto é justo ou não, na sua opinião?

      Se a sua resposta for não, existe algum problema com você e de nada vai adiantar argumentar aqui.

      Caso você concorde com a lei terrena e sua justiça, então é você que dá mais valor às leis da coisa criada (homem), e menospreza a lei do criador de todas as coisas(DEUS), que determina que a coisa criada aja conforme o propósito natural para o qual fora feito, sem artifícios, devendo agir conforme suas regras, para que não sofra as penalidades por cada transgressão.
      Se o cidadão a cumpre nada de mal ocorrerá contra ela.
      Mas como alguém poderá obedecer àquilo em que não crê?

      Moral da história," O que está se manifestando em você é a sua incredulidade e dureza de coração, mesmo que temporariamente".

      Excluir
  76. Tema muito bom para viver uma vida de questionamentos. Não adianta discutir e divergir, cada um tem seu caminho a seguir e suas lições a viver. Não se trata de desculpa ou medo de morrer, só quem não vive não vê que o mundo esta repleto de coincidências demais...rsrs E que Deus nada mais quer que você trate as pessoas de maneira a causar a menor dor possivel. Porém isso é quase impossível, visto que vivemos em culturas diferentes. A empatia é um bom exemplo. Aqui se vimos alguem matar um cachorro para comer, achamos um absurdo, na India as vacas são o mesmo absurdo...
    Entao, essa vontade de ser "recompensado" nos remete a viver uma vida de regras criadas pelo homem ou por Deus?

    ResponderExcluir
  77. Sem dúvida, essa ideia de deus antropomórfico e maniqueísta imposto pela Bíblia é inconsistente. Prefiro fechar os olhos e me sentir parte do onipotente!

    ResponderExcluir
  78. Amigo faço esse comentário, não com o intuito de criticar ou debate teológico, porém por piedade de criaturas que são racionais, testemunhas da vida, fato ilógico (vida) segundo a sabedoria humana, pois acreditam no BIGBANG, quando nada havia para provocar tal explosão, pois não havendo nada então não haveria como explodir, é como querer provar quem veio primeiro o ovo ou a galinha, isto posto, raciocine comigo: Como houve a possibilidade de vida, fato comprovado por haver vida em nós mesmos, não ser possível Deus que é a própria vida existir?
    Com certeza deve estar indignado, por sua descrença, em estar lendo tal indagação, e sentirá que está defronte de algo escrito por um fanático religioso.
    Quero então te dizer que não sou adepto de nada que vise enganar e muito menos em troca de dinheiro coisas que eu abomino totalmente.
    O que eu não posso negar aqui é a existência de Deus, pelas provas que ele me concedeu,mesmo eu não me considerando merecedor, a não ser pelo fato de nunca desde pequeno deixar de acreditar na sua existência. Darei aqui um exemplo, que muitos para sentirem se seguros vão procurar desacreditar para interiormente na sua incredulidade sentirem paz, o que não mudará em nada sua situação.

    Se leu esse comentário até aqui, desejo de coração que lhe seja útil espiritualmente e passarei agora a relatar algo que aconteceu comigo, que somente DEUS poderia fazer por mim.

    Bom,primeiro quero deixar claro que não entrarei em muitos detalhes, ou seja não relatarei todo o contexto, mas somente a parte principal que muitos chamaria "SOBRENATURAL" que prova sobre a existência espiritual, que nesse momento é o que interessa.
    Aconteceu é que ao fazer em duas ocasiões, algo que Deus me determinou, uma, resolver a situação de um casal amasiado que havia problemas com documentações (diversas situações), na ocasião passei parte do problema para parentes da pessoa resolver onde deveriam dentre outras coisas buscar ajuda financeira para o casamento e comemorações, mas constrangidos por ter que pedir ajuda para seus próprios parentes, sem eu saber paralisaram e nada estavam fazendo, e assim passou algum tempo e determinada noite, Deus afligiu meu espírito, fazendo me entender que era para terminar eu mesmo o trabalho que eu havia começado por sua determinação, orando, comprometi-me de ao amanhecer ir buscar a documentação das mãos dos parentes do casal e assim o fiz.
    Ao chegar lá por volta das 6 horas da manhã, e olhando pela fresta do portão percebi que ainda estavam dormindo e fui para o outro lado da rua para esperar que eles se levantassem, já do outro lado, SENTI naquele momento de elevar aos céus meus pensamentos e pedi à DEUS, um sinal para confirmar se realmente era ele que estava me movimentando para fazer tudo aquilo, dizendo à DEUS em pensamento assim: "Se realmente és tu ó Deus, que está me guiando nesse negócio, peço para confirmação este sinal: Não abrirei a minha boca para chamá-los para que acordem e me atendam, mas envia um dos teus anjos para chamá-los, para que acordem e venham atender-me". E assim que terminei essa frase, ouvi o som da janela se abrir e a voz da dona da casa gritar perguntando quem era que estava chamando!. E assim eu pergunto: como poderia eu duvidar da existência de Deus, se na minha vida existem, outras de cunho "sobrenatural", sendo esse somente um exemplo dentre os outros?. E como o papel do incrédulo é lançar dúvidas, pode ser que queira dizer que isto foi fruto de coincidência, porém, eu a esse eu digo, esta não foi a única idêntica, como pedir em pensamento sinal para os anjos chamarem e assim acontecer, porém, não porque eu quero, mas quando é preciso para que eu tenha certeza de não estar fazendo algo que seja minha carne mandando.
    Meu desejo seria que todos cressem, pois sei que quem mente faz a vontade do pai da mentira, e desse quero é distância, e por isso procuro sempre dizer a verdade.

    Faço uma pergunta para quem creia ou não em minhas palavras, se algo acontecesse dessa forma com Você, ainda assim duvidarias?

    ResponderExcluir
  79. Correção dessa parte do comentário:
    "...essa frase, ouvi o som da janela se abrir e a voz da dona da casa gritar perguntando quem era que estava chamando!. E assim eu pergunto: como poderia eu duvidar da existência de Deus, se na minha vida existem, outras PROVAS de cunho "sobrenatural", sendo esse somente um exemplo dentre os outros?. E como o papel do incrédulo é lançar dúvidas, pode ser que queira dizer que isto foi fruto de coincidência, porém, eu a esse eu digo, esta não foi a única PROVA idêntica, como pedir em pensamento sinal para os anjos

    ResponderExcluir