Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 9 de janeiro de 2011

Nick Bostrom: A vida humana em sua plenitude é maravilhosa



(Clique no play do vídeo acima para aprimorar sua experiência com a leitura deste post ;)

"Pensem em algum momento da sua vida... que algumas pessoas podem nunca ter experimentado - mas para outras, tem aqueles momentos únicos que você experimentou em que a vida foi fantástica.

"Pode ter sido um momento de grande inspiração criativa que você teve quando entrou nesse estágio. Ou quando você finalmente compreendeu alguma coisa. Ou talvez o êxtase do amor romântico. Ou uma experiência estética - um por-do-sol ou uma obra de arte. De vez em quando temos esses momentos, e percebemos o quanto a vida pode ser boa. E você se pergunta por que não pode ser assim todo o tempo? Você quer que isto dure para sempre. E, claro, voltamos à vida normal e essa memória desaparece. E é muito difícil lembrar, numa disposição mental normal, como a vida pode ser boa. Ou como pode ser ruim em certos momentos.

 "A vida humana em sua plenitude é maravilhosa" -- Nick Bostrom, fundador da Humanity+ e professor de Filosofia na Oxford University

"O terceiro grande problema é que a vida não é tão maravilhosa como poderia ser. Eu acho que esse é um grande problema. É fácil falar o que não queremos. Eis aqui algumas coisas que não queremos... doença, morte involuntária, sofrimento desnecessário, crueldade, atrofia, perda de memória, ignorância, falta de criatividade. Imaginem que possamos consertar isso - fazer algo em relação a isso. Fomos bem sucedidos. Nos livramos de tudo isso. Podemos acabar assim. Quer dizer, é muito melhor que isso. Mas isso é tudo que conseguimos - que sonhamos? É o melhor que podemos fazer? Ou seria possível aspirar a alguma coisa mais inspiradora?

"Se pensarmos sobre isso, acho que está bem claro que há maneiras de mudar as coisas, não só eliminando as negativas, mas adicionando positivas. Em minha lista de desejos, pelo menos, vidas mais longas e saudáveis, maior bem-estar, capacidades cognitivas ampliadas, mais conhecimento e compreensão, oportunidades ilimitadas de crescimento pessoal além de nossos limites biológicos, melhores relacionamentos, um potencial incrível para desenvolvimento espiritual, moral e intelectual."  (Assita tudo: Nick Bostrom fala sobre nossos maiores problemas)

Um comentário: