Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O que é a singularidade? Como seria vivenciar a singularidade?


Escala de Inteligência: rato, chimpanzé, um idiota, Albert Einstein e, finalmente, uma superinteligência artificial capaz de aprimorar a si própria.

Excelente entrevista (em inglês, sem legendas) de Peter Norvig sobre a plausibilidade da singularidade. É a entrevista mais equilibrada sobre o assunto que já vi. Peter Norvig escreveu o livro mais famoso do mundo sobre Inteligência Artificial e, além disso, é professor em Stanford e diretor de pesquisas no Google. Eis o link da entrevista:




Embora de natureza especulativa, a hipótese da singularidade é intelectualmente instigante e levanta muitas questões interessantes. Em um exercício lúdico, poderíamos, por exemplo, perguntar: como nós, seres humanos, nos sentiríamos diante da ocorrência da singularidade? Como poderíamos representar visualmente a "sensação" de vivenciar a singularidade, assistir a "decolagem" de máquinas cuja capacidade de comunicação e pensamento estariam muito além de nossa imaginação? Como seria essa sensação de ser "deixado para trás", essa incapacidade de compreensão de uma linguagem possivelmente muito mais rica e rápida?  Eis o meu palpite: se algum dia algo semelhante a singularidade tecnológica ocorrer, acho que poderíamos comparar às sensações experimentadas por uma ser humano "não aprimorado" a deste astronauta:


Para quem procura por argumentos aprofundados sobre a possibilidade da singularidade, eis um bom começo:
http://consc.net/papers/singularity.pdf

E uma explicação bem didática da ideia da singularidade:


Nenhum comentário:

Postar um comentário